Sidebar

16
Sáb, Fev

A. O. Scott

  • Boa notícia: Aquarius é o filme do ano e não para de brilhar, juntamente com a atriz Sonia Braga

    Depois de provocar polêmica ao denunciar o golpe de Estado no Brasil, no Festival de Cannes, na França, em maio, o filme Aquarius, do pernambucano Kleber Mendonça Filho, não para de ganhar prêmios e a atriz Sonia Braga também vem abocanhando importantes troféus pelo mundo afora.

    A obra-prima de Mendonça Filho ficou em quarto lugar entre os melhores filmes do ano, no ranking da principal revista de cinema do mundo, a francesa Cahiers du Cinéma. Também entrou na lista do Top 10 do jornal norte-americano The New York Times. O importante crítico A. O. Scott o colocou em sétimo lugar.

    Ao fazer a apresentação da obra no Prêmio Fênix, na Cidade do México , o ator Wagner Moura, mais uma vez, denunciou a ditadura (assista vídeo abaixo) que se implanta no país e disse sentir orgulho da classe artística que sempre resistiu às ditaduras e ainda resiste.

    Wagner Moura apresenta Aquarius no Prêmio Fênix 

    Para ele, neste momento, Aquarius “sintetiza a resistência dos artistas à ditadura militar e, agora, ao que eu chamo o golpe político contra uma presidenta eleita”. Moura saiu do palco ovacionado e o filme levou os prêmios de melhor direção (Mendonça Filho) e melhor atriz (Sonia Braga).

    O jornal espanhol El País narra que “ao receber o Prêmio Fênix, limitou-se a dizer que seu país vive um momento ‘muito difícil’. No tapete vermelho, entretanto, brincava. Quando os fotógrafos gritavam “à direita!” para captar outro ângulo, respondia sorridente: “Nunca, eu não faço isso”.

    Com o ano quase acabando, mais uma premiação chegou nesta segunda-feira (12). Braga recebeu o prêmio de melhor atriz da Associação dos Críticos de Cinema de San Diego, Estados Unidos.

    A revista norte-americana Rolling Stone, também listou Sonia Braga entre as melhores atuações do ano pelo papel da protagonista Clara no filme de Mendonça Filho. Parece que somente o Ministério da Cultura golpista não “viu” as qualidades de Aquarius.

    O filme nos leva a uma viagem incrível de sonhos, magia e cultura. Onde se vê claramente as nuances da luta de classes num país único como é o Brasil. Na resistência fica a esperança no futuro (leia mais aqui, aqui e aqui).

    Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy. Foto: Divulgação (cena do filme)

    Assista o filme completo