Sidebar

23
Ter, Abr

Sarau Cultural Todo Mundo Tem Arte

  • CTB promove um sarau cultural e homenageia Leci Brandão, em São Paulo

    A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) convida a classe trabalhadora a comparecer à sua sede na capital paulista, nesta sexta-feira (24) - Dia do Artista -, para participar do sarau cultural Todo Mundo Tem Arte, a partir das 18h.

    No sarau, a CTB presta homenagem à cantora e deputada estadual Leci Brandão (PCdoB-SP), 72 anos, por sua luta em defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, da população LGBT.

    A marca do mandato de Leci e de sua obra é a defesa dos direitos da classe trabalhadora, combatendo o golpe de Estado de 2016, a reforma trabalhista, da previdência, reforma do ensino médio e a Escola Sem Partido. Ela sempre se coloca a serviço da liberdade e da justiça. 

    Basta trazer um livro ou uma revista e tem garantido dois ingressos. Os livros e revistas irão para a Sala de Leitura, criada pela central para “incentivar as trabalhadoras e trabalhadores a ler mais e a buscar informação de qualidade para enfrentar melhor a nossa luta”, diz Ronaldo Leite, secretário de Formação e Cultura da CTB.

    O cantor e compositor Dinho Oliveira e o violonista Altair Rodrigues confirmaram presença, garantindo música de qualidade no sarau, que contará ainda com exposição fotográfica, artes plásticas, recitais e conversa sobre política e cultura. “A cultura é essencial para melhorar a compreensão de tudo o que acontece”, afirma Leite.

    Cuida de Mim, de Dinho Oliveira 

    Ele acentua que “o encontro da arte com a política tem acontecido de maneira muito positiva para a classe trabalhdora no Brasil e nesse sarau pretendemos debater saídas para vencermos a crise e o estado de exceção”.

    Para ele o nome do sarau Todo Mundo Tem Arte, já “revela a ideia central do evento que é reunir pessoas com objetivo de refletir sobre como caminhar pelas estradas da vida, superando todas as pedras no caminho para construirmos o novo”. Assim, conclui ele, "comemoramos também o Dia do Artista, essa classe que tem sido fundamental para o correr da luta".

    Altair Rodrigues interpreta Velha Infância, dos Tribalistas 

    Maiores informações pelo celular (11) 98442-9245, com a assessora da presidência da CTB, Joanne Mota.

    Serviço

    O que: sarau cultural Todo Mundo Tem Arte

    Onde: Casa da Classe Trabalhadora (Rua Cardoso de Almeida, 1.843, Sumaré, São Paulo)

    Quando: Sexta-feira (24), às 18h

    Quanto: Um livro ou revista vale dois ingressos

    Portal CTB

  • Livro sobre a segurança do metrô de São Paulo é divulgado no sarau cultural da CTB

    Com 30 anos de atuação na segurança do metrô paulista, Dalvilson Donizete Policarpo divulga no sarau cultural “Todo Mundo Tem Arte”, da CTB, o seu livro “Trajetória da Segurança Metroviária de São Paulo”, publicado pela Futurama Editora.

    Policarpo doou dez livros ao evento e afirma que a precarização do trabalho influencia diretamente na atuação dos seguranças metroviários. “Temos 1,2 mil trabalhadoras e trabalhadores (somados todos os horários de funcionamento do metrô) para dar conta de 4,6 milhões de usuários diariamente, só isso já mostra a dificuldade que enfrentamos”.

    Ele conta que o metrô foi inaugurado em 1974, “com uma determinada demanda, agora com o funcionamento da integração do sistema de transporte, o nosso trabalho redobrou”, apesar disso, “o governo vem demitindo e sobrecarregando nosso trabalho”.

    O livro, diz ele, “é o primeiro a contar a história dos seguranças metroviários paulistas e tem como objetivo debater o tema com toda a sociedade”.

    Portal CTB

  • Sarau cultural da CTB mostra em grande estilo que todo mundo tem arte, nesta sexta

     

    A Casa da Classe Trabalhadora (sede própria da CTB) atraiu dezenas de pessoas nesta sexta-feira (24) para celebrar o Dia do Artista, em grande estilo. Com o tema Todo Mundo Tem Arte,mosarau cultural foi “uma ideia para reunir trabalhadoras e trabalhadores para mostrar a importância da cultura na vida de todo mundo”, diz Ronaldo Leite, secretário de Formação e Cultura da CTB.

    O sarau cultural começou às 18h e varou na noite com muita alegria e participação. Apresentaram-se os cantores e compositores de música popular brasileira Altair Rodrigues e Dinho Oliveira.

    Antes de ser entregue uma placa para a homenageada da noite, a cantora, compositora e deputada estadual (PCdoB-SP), uma surpresa. O cover da melhor cantora de samba, segundo o Prêmio da Música Brasileira 2018, Erick César fez uma apresentação e ficou difícil dissociá-lo da verdadeira Leci.

    sarau ctb adilson lecibrandao cover leci erik cesar

    Além de festejar a cultura, o evento também serviu para marcar o aniversário de um ano da Casa da Classe Trabalhadora. “Este é primeiro evento deste tipo que estamos promovendo e vmaso fazeer mais para transformar esta casa num ponto de encontro da classe trabalhadora”, afirma Adilson Araújo, presidente da CTB.

    O sarau cultural Todo Mundo Tem Arte despertou a atenção de escritores da classe trabalhadora como o metroviário Dalvilson Donizete Policarpo e Moisés Poeta. Com transmissão ao vivo pela página de Facebook da CTB, o sarau fez enorme sucesso.

    sarauctb altair rodrigues

    “A cultura joga um papel fundamental para a formação das pessoas, principalmente em momentos sombrios como o que estamos vivendo, assinala Leite. “Muitos artistas estão na luta para derrotarmos o golpe e o Brasil voltar a ser livre e mais igual”.

    Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB