22
Qui, Fev

Twitter

  • #ForaTemer atinge primeiro lugar no Twitter brasileiro

    O Twitter brasileiro se inflamou nesta terça-feira (27) com o recebimento da denúncia criminal contra Michel Temer na Comissão da Constituição e Justiça do Senado. Sob a hashtag #ForaTemer, dezenas de milhares de pessoas pediram a saída imediata do golpista e #DiretasJá.

    O termo chegou ao 2º lugar nos Trending Topics mundial por volta das 16 horas, liderado pelos usuários brasileiros. Além da peça de acusação da Procuradoria-Geral da República, muitos citaram o discurso arrogante de Temer no início da tarde, em que ele diz que “nada o destruirá” e chama o governo russo de “soviético”.

    Entre as lideranças que se manifestaram, estavam os presidentes Lula e Dilma, que chamaram a atenção para o fato de Temer ser o primeiro presidente da história do Brasil a ser acusado de um crime comum enquanto está no poder. A presidenta Dilma foi além, com uma série de tweets que evidenciam a forma desonesta pela qual Temer chegou ao Planalto:

    dilma tweets golpe

    Já o ex-presidente Lula aproveitou o momento inflamado para pedir a renúncia de Temer. Para o líder petista, a situação política só se resolverá com a convocação de novas eleições. Ele usou seu perfil no Facebook para mandar a mensagem:

    Portal CTB

  • Bem amigos…o jogo da Seleção não vai passar na Globo!

    Vai ser o primeiro Brasil X Argentina que não será transmitido pela Rede Globo. TV Brasil e Facebook exibirão os dois amistosos da seleção que acontecerão nos dias 9 e 13 de junho, na Austrália.

    O casamento entre a emissora de televisão e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) – que resultou num dos maiores monopólios midiático-esportivo do mundo – esteve inabalável por 4 décadas. Agora, a política, as novas tecnologias, e a busca por mais lucratividade são fatores que estremecem a relação entre ambas e podem abrir um novo capítulo na discussão sobre direito de transmissão de eventos esportivos no Brasil.

    O poder econômico da Rede Globo nunca abriu brechas para que outras emissoras de televisão pleiteassem a compra dos direitos de transmissão de campeonatos de futebol. A Globo, para não perder a sua força, comprava tudo – o que ia transmitir e o que não ia transmitir. Ou seja, eliminava qualquer possibilidade de concorrência e criava uma situação na qual a sociedade ficava completamente refém da emissora. A Globo impunha o jogo de futebol que a sociedade iria assistir na televisão. Isso teve impactos culturais, como o fato de ser o Flamengo o time de maior torcida nacional.

    Já em 2016 o monopólio da Globo nas transmissões de partidas de futebol começou a ruir com a entrada em campo do Esporte Interativo, que começou a fechar os direitos para transmitir jogos de campeonatos brasileiros da séria A, B e C a partir de 2019. Mas até então isso não resvalava na Seleção.

    O primeiro atrito entre CBF e Globo aconteceu no início de 2017, no amistoso entre Brasil e Colômbia para homenagear as vítimas da Chapecoense. A Globo não quis comprar o direito de transmissão do jogo pela bagatela de 2 milhões de reais. A CBF não gostou da “rebeldia” da parceira e decidiu abrir o sinal da partida.

    Depois disso, a Globo aguardava o leilão (bid) que a CBF faz para vender o “pacote” de jogos amistosos da seleção. Mas eis que a Confederação decidiu comercializar as partidas da Austrália de forma avulsa.

    Novos jogadores mudam as regras do jogo

    A blindagem da Globo para impedir que novos modelos de negócio envolvendo a transmissão de jogos chegassem no Brasil foi furada. Em outros países, a compra dos direitos e a divisão das cotas já envolve de forma mais direta os canais de TV por assinatura e, mais recentemente, serviços da internet entram na arena: Facebook, Twitter e YouTube.

    De um lado, clubes e confederações buscam diversificar a oferta e obter mais lucro com a comercialização das partidas. A CBF, inclusive, começa a investir mais na geração direta das imagens. Assim, pretendem arrecadar mais dinheiro com patrocínio e a venda do sinal para as emissoras que adquirirem o direito de transmissão.

    Para a Globo, se este modelo se consolidar será um desastre. Além de perder a hegemonia mantida até hoje, a emissora vai perder milhões de reais com a venda de publicidade de forma exclusiva para veiculação nos intervalos e durante os jogos.

    Tanto é que a direção da emissora já começa a fazer mudanças na equipe para tentar impedir que a Globo fique em desvantagem: deve entrar com tudo para garantir a compra dos próximos amistosos e das Eliminátórias no lote a ser colocado à venda pela CBF para o período de 2018 a 2022.

    Facebook está de olho nos cifrões do futebol

    A transmissão de jogos pela internet já começa a crescer. As parcerias que o Facebook tem firmado envolvem inclusive negociações com as emissoras detentoras dos direitos de transmissão.

    Mas há negociação feita diretamente com clubes e ligas. Em março, o Facebook fechou um acordo com a MLS, principal liga de futebol americano, para a transmissão de 22 jogos. Twitter também já tem parcerias com a NBA (basquete) e a NFL (futebol americano).

    A transmissão de eventos esportivos é um filão bilionário e é claro que Mark Zuckerberg está de olho nisso. Nós também temos que ficar de olho, porque a sociedade tem que aproveitar o novo ambiente digital como uma oportunidade para enfrentar o monopólio das transmissões.

    Não podemos deixar que apenas se troque um monopólio por outro.

    Renata Mielli é jornalista, coordenadora-geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, secretária-geral do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé e colunista da Mídia Ninja às quintas-feiras. Foto: Mídia Ninja.

    Os artigos publicados na seção “Opinião Classista” não refletem necessariamente a opinião da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e são de responsabilidade de cada autor.

  • Dallagnol se dá mal ao comemorar 100 mil seguidores no Twitter. Confira!

    O promotor do Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallagnol anda em baixa. Foi ele que em setembro do ano passado fez aquela explanação utilizando o recurso PowerPoint para incriminar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (leia mais aqui).

    laldert

    Ficou célebre a frase dita por ele no sentido de não ter provas, mas ter convicção para condenar Lula. Também em 2016, em entrevista ao apresentador Jô Soares, na Rede Globo, Dallagnol perguntou para a plateia: “quem acha que a Lava Jato vai mudar o país e quem acha que não”. Veja o resultado no vídeo abaixo: 

    Nesta sexta-feira (9), foi a vez de o procurador do PowerPoint se dar mal em seu Twitter. Ao comemorar ter atingido 100 mil seguidores, ele recebeu uma enxovalhada de críticas ácidas à sua atuação no MPF. Além de sua constante busca de holofotes.

    Confira abaixo:

    dallagnol twitter picareta

    dallagnol twitter safado

    Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

  • O mundo assistiu à Paraíso do Tuiuti denunciar a ditadura brasileira no Sambódromo do Rio

    Desmentindo todas as pessoas que criticam a folia do Carnaval como “alienante”, a escola de samba Paraíso do Tuiuti fez um desfile apoteótico no Sambódromo do Rio de Janeiro na madrugada desta segunda-feira (12), com tema politizado e atual.

    Com o enredo “Meu Deus, meu Deus! Está extinta a escravidão?”, de Cláudio Russo, Moacyr Luz, Dona Zezé, Jurandir e Aníbal, a escola mostrou na avenida a reforma trabalhista com as carteiras profissionais e o que chamou de escravidão nos tempos atuais, após o golpe de Estado de 2016, contra a classe trabalhadora e os interesses nacionais.

    Assista o desfile completo: 

     

    O enredo da Tuiuti constrangeu os comentaristas da Globo, criticada sutilmente como manipuladora, como mostra o crítico do UOL, Maurício Stycer: “Do camarote da Globo, onde narrava o desfile, Fátima Bernardes, Alex Escobar e Milton Cunha reagiram com comedimento ao surpreendente protesto, como se estivessem constrangidos. ‘As desigualdades vem vindo até os dias de hoje, dias de hoje’, disse Fátima. ‘Muitas confecções usam trabalho escravo’, observou. ‘Os manifestoches’, leu ela, ao ver passar a ala com os patos, sem dizer mais nada. ‘Manipulados’, acrescentou Milton”.

    E o samba enredo desceu a avenida levantando o público: “Irmão de olho claro ou da Guiné/Qual será o valor? Pobre artigo de mercado/Senhor eu não tenho a sua fé, e nem tenho a sua cor/Tenho sangue avermelhado/O mesmo que escorre da ferida/Mostra que a vida se lamenta por nós dois/Mas falta em seu peito um coração/Ao me dar escravidão e um prato de feijão com arroz”.

    Aprenda o samba enredo: 

    Desta vez o mundo viu e a Globo não teve como esconder. A escola empolgou o público e se tornou o segundo assunto mais comentado no Twitter no mundo e ficou no Trending Topics no Brasil. Pode não ganhar o desfile, mas mostrou ao mundo o desmonte dos direitos trabalhistas e do Estado brasileiro pelo governo golpista. Já na segunda-feira (19) tem grande manifestação contra a reforma da previdência.

    tuiuti desfile 2018 rio

    Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

  • Twitter anuncia licença-paternidade de cinco meses no Brasil

    O Twitter passou a adotar no Brasil uma licença-paternidade de cinco meses. “Com essa política, reforçamos nossa luta contra estereótipos de gênero e dos papéis tradicionais dos pais na família, além de promover uma visão sem preconceitos sobre a paternidade”, escreve a assessoria de imprensa da empresa.

    Para Ivânia Pereira, secretária da Mulher Trabalhadora da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) essa atitude do Twitter deve servir de exemplo para outras empresas e principalmente para os parlamentares brasileiros.

    ivania bela recatada do lar

    “É um grande avanço uma empresa entender a necessidade de compartilhamento das responsabilidades na criação dos filhos e filhas”, diz Ivânia. “Existe um foço enorme entre a política adotada por essa empresa e os projetos do governo golpista para as mulheres, crianças e jovens”.

    twitter licenca paternidadeDe acordo com a empresa, essa iniciativa atinge também as mães, que têm o mesmo período de licença-maternidade e vale também para casos de adoção, fazendo “parte de uma série de ações que temos tomado voltadas à qualidade de vida e à igualdade de gênero”.

    Ivânia acredita na importância de ampla divulgação de medidas positivas como essa, porque pode levar “os governantes a enxergarem a necessidade de promover políticas públicas que favoreçam a igualdade de gênero”.

    Além de cumprir “a obrigação constitucional do Estado em promover o acesso das crianças e adolescentes a políticas inclusivas e parar como as restrições que estão sendo impostas pelos golpistas, com contundentes cortes na educação e na saúde”.

    Leia mais

    Mulheres protestam em shopping que implicou com amamentação em Santa Catarina

    Segundo o departamento de Recursos Humanos do Twitter, a empresa proporciona todas as comodidades para a amamentação das crianças e as funcionárias que precisarem viajar a trabalho, têm "todas as despesas pagas caso desejem fazer o envio de leite materno aos filhos”.

    “E existem locais públicos no país, que recriminam a amamentação, como se isso pudesse agredir alguém”, diz Ivânia. “Por isso, uma medida desse porte ganha grande relevo e mostra que é possível ter mais generosidade e solidariedade para a construção de uma sociedade mais humana”.

    Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy