Destaques

Destaques

Rádio CTB - Presidente agradece apoio da classe trabalhadora e da militância no ano

"Desejo a todos um mundo mais soberano, mais humano e menos desigual"

Adílson Araujo, presidente da CTB, sobre perspectivas para 2015

Começa nesta quinta-feira a II Conferência Nacional de Cultura

Grandes discussões sobre cultura estão sendo esperadas para a II Conferência Nacional de Educação, que acontece a  partir desta quinta (11),em  Brasília . Artistas, produtores, investidores, gestores e representantes da sociedade de todo Brasil estarão reunidos com o objetivo de debater, aperfeiçoar e formular políticas públicas da área. O evento vai até o próximo domingo.

Presenças ilustres

A cerimônia de abertura, que acontece no Teatro Nacional Cláudio Santoro, a partir das 19h, contará com a presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira que receberá o presidente da República em exercício, José Alencar, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, entre outros ministros de Estado e secretários Estaduais e Municipais de Cultura.

Segundo o ministro Juca Ferreira, eventos como a Conferência provam como é positivo e essencial que a sociedade tome cada vez mais iniciativas, uma vez que o papel do Estado é criar as condições para seu o acesso.

Fortalecimento da cultura brasileira


Os debates da Conferência contribuirão para a construção de um marco regulatório da Cultura, fundamental para o fortalecimento da área no País. Outras áreas estratégicas como Educação, Saúde e, mais recentemente, Assistência Social, já possuem seus marcos regulatórios.

Na Cultura, estão em tramitação no Congresso Nacional o Sistema Nacional de Cultura (SNC), o Plano Nacional de Cultura (PNC) e a PEC 150/2003, que vincula à Cultura 2% da receita federal, 1,5% das estaduais e 1% das municipais. Durante o encontro, também serão avaliados os resultados da I Conferência, realizada há cinco anos.

Os debates seguirão cinco eixos temáticos: Produção Simbólica e Diversidade Cultural; Cultura, Cidade e Cidadania; Cultura e Desenvolvimento Sustentável; Cultura e Economia Criativa; Gestão e Institucionalidade da Cultura.

Mobilização

Foram eleitos 743 delegados e delegadas de todo País durante as etapas municipais,  estaduais; pré-conferências setoriais; conferência virtual e conferências livres como forma de mobilizar os setores culturais para esta plenária nacional.

No total, foram realizadas 143 pré-conferências setoriais, com 3.193 inscritos como candidatos a delegado. Além de deliberar, esses encontros têm o objetivo de estimular a criação e o fortalecimento de redes de agentes e instituições culturais do País, para dar prosseguimento, em caráter permanente, às discussões e articulações.

Atrações

A programação cultural do evento oferece uma incrível variedade de manifestações artísticas. Haverá desde espetáculos teatrais e exposições fotográficas até oficinas de dança e literatura. E, para quem gosta de um pouco mais de agitação, não faltarão bandas e DJs para animar os cinco dias de evento.

Em sua primeira edição, em 2005, a conferência  mobilizou 1.192 municípios, o que representou 21,42% do total das cidades brasileiras.

Nesta segunda edição, nas etapas municipais e estaduais, observou-se um significativo avanço no processo participativo, uma vez que, de agosto a outubro de 2009, aconteceram 3.071 reuniões, ou seja, mais da metade do total dos municípios do País estiveram envolvidos.

Da Redação com agências


  • Cultura & mídia

  • Clipping CTB

  • Mais lidas na semana

  • Últimas Notícias

Jornal Olho Crítico

jornal olho critico novembro-2014

Revista Visão Classista

VisaoClassista18Capa

Revista Mulher D'Classe

revista mulher classe n4 2014 03

Revista Rebele-se

revista-rebele-se-N1-junho-2014