Destaques

Destaques

Rádio CTB - Presidente agradece apoio da classe trabalhadora e da militância no ano

"Desejo a todos um mundo mais soberano, mais humano e menos desigual"

Adílson Araujo, presidente da CTB, sobre perspectivas para 2015

CTB-PB participa de protesto no Porto de Cabedelo

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil do Estado da Paraíba (CTB-PB) participará na quarta-feira (28) do protesto dos trabalhadores do Porto de Cabedelo, em conjunto com a “Intersindical Portuária”, formada pelos sindicatos dos Estivadores, dos Conferencistas, dos Blocos e Vigias de Cabedelo, do Sindicato dos Arrumadores e do Sindicato dos Portuários.

De acordo com o presidente da “Intersindical”, Ricardo Taboza, diretor da CTB-PB, na secretaria dos portuários, o Porto de Cabedelo é um terminal de múltiplos usos. Possuímos um Porto em uma posição estratégica privilegiada que requer poucos investimentos necessários para a sua operacionalidade. Graças à mobilização dos trabalhadores foi possível a inclusão do Porto no PAC.

O presidente da CTB-PB, José Gonçalves, enfatizou que a cabotagem seria uma alternativa viável para sanar um grave problema que aflige os trabalhadores — a falta de navios —, que deixa desempregados centenas de trabalhadores avulsos. São necessários ainda incentivos fiscais para a cabotagem, a exemplo do Porto de Santos, que concedeu um desconto de 50% das taxas portuárias para cabotagem.

O movimento de cargas, tanto de importação como de exportação, são suficientes para trazer no mínimo dois navios por mês, garantindo emprego — basta que haja uma articulação do governo do Estado, através da Companhia Docas da Paraíba, empresários e a comunidade portuária.

 

De João Pessoa,
José Gonçalves e Wandecy Medeiros

  • Cultura & mídia

  • Clipping CTB

  • Mais lidas na semana

  • Últimas Notícias

Jornal Olho Crítico

jornal olho critico novembro-2014

Revista Visão Classista

VisaoClassista18Capa

Revista Mulher D'Classe

revista mulher classe n4 2014 03

Revista Rebele-se

revista-rebele-se-N1-junho-2014