Sidebar

24
Qua, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Professores da rede pública de ensino e servidores da saúde do município de Anápolis, Goiás,  realizam paralisação geral durante todo o dia de hoje (26)  contra a precarização do trabalho e pelo cumprimento do Estatuto do Magistério. Os educadores realizaram ainda um ato de protesto pela manhã,  em frente a prefeitura do município. O movimento foi organizado  pelo Sindicato dos Professores Municipais de Anápolis (SINPMA), com o apoio da CTB.

 Presente na mobilização,  Railton Nascimento, presidente da CTB-Goiás, falou aos manifestantes sobre o desmonte do estado democrático de direito, da seguridade social e da retirada de direitos, promovidos pelo governo Temer.

"Denunciei o ataque aos direitos dos servidores públicos. Conclamei a unidade da classe trabalhadora para enfrentar esse retrocesso em curso. Disse ainda que o prefeito de Anápolis, Roberto do Órion, deve respeitar os professores da rede pública local, priorizando recursos do orçamento para garantir a esses trabalhadores o reajuste do Piso Nacional e o cumprimento das progressões da Plano de Cargos e Salários. Não podemos aceitar que outras prioridades supérfluas sejam atendidas primeiro, deixando os servidores em segundo plano", declarou Nascimento.

A categoria dos professores reivindica,  entre outras coisas,  reposição salarial, realização de concurso público para suprir o déficit de servidores no município, melhorias das condições de trabalho, entre outras medidas garantidas pelo estatuto em vigor.

Ruth de Souza  - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.