Sidebar

22
Seg, Abr

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Servidores públicos federais ligados a pelo menos 15 categorias realizaram um protesto contra a Reforma da Previdência, na manhã desta sexta-feira (16), em Goiânia.

O grupo se concentrou, por volta das 8h, em frente à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego). Em seguida, eles seguiram em passeata até o Palácio Pedro Ludovico, sede administrativa do governo do estado.

O ato foi promovido pela a Frente dos Servidores Federais em Goiás (FSF-GO) e a União dos Policiais do Brasil-Goiás. Segundo a organização, cerca de 400 pessoas participaram do ato. 

De acordo com a auditora do trabalho Jacquelie Carrijo, uma das organizadoras, o intuito é mostrar que a reforma é maléfica não só para o servidor público, mas para toda a sociedade.

"Da como ela está sendo proposta e caso ela passe, provocará grandes prejuízos aos servidores. Ela acaba com o serviço público. Ela aumenta o tempo de serviço e tira direitos dos trabalhadores, afeta todos", disse ao G1.

Durante a manifestação, foram realizadas ações como panfletagem e adesivaço nos carros. Um carro de som também acompanhou os participantes.

G1

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.