Sidebar

19
Sex, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Nesta segunda-feira (24), a APLB – Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia comemora 65 anos de “defesa da educação pública gratuita, de qualidade e laica”, explica Rui Oliveira, primeiro secretário da APLB.

Oliveira conta que a entidade nasceu como Associação dos Professores Licenciados do Brasil – seção Bahia. Transformou-se em sindicato das educadoras e educadores do ensino básico de todo o estado em 1989 (saiba a história completa aqui).

De acordo ele, a APLB faz parte da história da Bahia porque “esteve presente nas mais importantes lutas de resistência à ditadura (1964-1985), na campanha das Diretas Já e na resistência ao golpe de 2016 que visa acabar com a educação pública e com os direitos da classe trabalhadora”, afirma.

Marilene Betros, secretária de Assuntos Jurídicos, concorda com o primeiro secretário e realça as importantes conquistas dos docentes baianos com a perseverança da APLB. “Hoje temos uma carreira estruturada e participamos em todas as campanhas contra os ataques à educação”, diz.

Já Oliveira reforça o caráter de luta da entidade. “Às 18h, desta segunda estaremos inaugurando o novo portal do sindicato para termos mais agilidade na comunicação (leia aqui), fator importante para enfrentar a nova conjuntura do país”.

Segundo ele, a APLB tem 90 mil filiados, sendo o maior sindicato da Bahia e um dos maiores do país. Na terça-feira (25), às 9h, ocorre ato ecumênico (veja aqui) e na quinta-feira (27), uma sessão solene (se ligue aqui), capitaneadas pela deputada Fabíola Mansur (PSB) e deputado Fabrício Falcão (PCdoB), na Assembleia Legislativa, às 9h.

“Nunca nos prendemos às lutas corporativas somente. A APLB participa ativamente de todas as campanhas por um país livre e soberano, com uma educação pública valorizada, fundamentada no diálogo, na liberdade e na defesa dos valores civilizacionais”, diz Betros.

Já Oliveira afirma que a "nossa maior comemoração será na sexta-feira (28) nas ruas e de braços cruzados, contra as reformas da maldade do presidente golpista temer".

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.