Sidebar

24
Dom, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, ingressou com Ação Popular na Justiça Federal em Salvador, requerendo o afastamento do deputado Eduardo Cunha (PMDB), da presidência da Câmara dos Deputados, enquanto durar os processos de sua cassação no Conselho de Ética e impeachment da presidente Dilma Roussef. 

No fundamento da petição inicial, Vasconcelos, que também é advogado, busca preservar a moralidade administrativa e o princípio da impessoalidade contra ações do presidente da Câmara dos Deputados que, nessa condição, tem obstaculizado o processamento de representação contra si proposta por alegada quebra de decoro parlamentar, além de conduzir o processo de Impeachment da Presidente da República, com notória parcialidade e violações da processualística.

Acrescenta que é ainda mais grave, Cunha ter se tornado réu em ação penal instaurada a partir de denúncia formulada pela Procuradoria Geral da República e recentemente recebida pelo Supremo Tribunal Federal. "Como cidadão e professor de Direito Constitucional, não poderia apenas ficar assistindo a tudo que o Cunha está fazendo. Ele tem ao seu lado o poder econômico, mas nós temos a força das ruas e do movimento social que defende a democracia e não aceita as manipulações de setores da mídia", declarou Augusto Vasconcelos.

Fonte: bocaonews

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.