Sidebar

17
Qui, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os funcionários da Caixa, Banco do Brasil e Banco do Nordeste, em Feira de Santana, preocupados com os ataques que o governo tem feito aos planos de saúde das estatais, fizeram uma manifestação na manhã desta quarta-feira (25), na porta da principal agência da Caixa Econômica na cidade, acompanhando orientação nacional. Diversos bancários da Caixa, BB e BNB participaram do evento, demonstrando disposição para lutar em defesa da sua saúde é contra a retirada de direitos.

Na oportunidade, os trabalhadores se revezavam no microfone, denunciando à população a forma desumana com que esse governo vem tratando os trabalhadores e que agora pretende dificultar o acesso dos empregados das estatais ao plano de saúde, tornando-o praticamente inacessível para a categoria que mais adoece devido ao trabalho estressante, as elevadas jornadas, às pressões para o cumprimento de metas e pela sobrecarga de trabalho a que são submetidos devido a reestruturação promovida pelo banco que fechou agências, aposentou milhares de trabalhadores e reduziu os postos de caixas, piorando, ainda mais, o já precário atendimento nas agências bancárias, o que tem provocado a fúria de clientes que partem para agredir funcionários e vigilantes devido a demora no atendimento.

Dentre as falações, o Sindicato chamou a atenção dos funcionários da Caixa, BB e BNB para a necessidade da união e participação dos trabalhadores na luta e na resistência contra a retirada de direitos, diante das dificuldades que estamos enfrentando na mesa de negociação, sobretudo para a assinatura do pré-acordo que garante os direitos da categoria até a assinatura do próximo acordo.

O sindicato frisou, de forma categórica, que a resolução 23 da CGPAR, que inclui a redução do custeio das estatais em relação aos benefícios de assistência à saúde dos empregados, de demonstra a intenção do governo em enfraquecer as empresas públicas para privatiza-las.

Para Sandra Freitas, presidenta do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana (Seeb-Feira de Santana): “O plano de saúde é uma das mais importantes conquistas dos trabalhadores em estatais, sobretudo os empregados dos bancos públicos que tanto se dedicam para fortalecer nossas empresas e oferecer ao nosso povo sofrido um serviço publico de qualidade".

“A importância da participação da categoria nas mobilizações será fundamental para barrar mais esse ataque. A manutenção do plano de saúde é vital para os bancários e dependentes e, principalmente, para os aposentados que se dedicaram por uma vida inteira à empresa e necessitam mais ainda de assistência a saúde, agora correm o risco de perdê-lo”.

"A luta é grande, mas com a participação e unidade dos trabalhadores, venceremos!!

Gostaria de ressaltar e parabenizar os trabalhadores da Caixa, BB e BNB que entenderam a necessidade da participação nos movimentos e se fizeram presentes no evento.“SO A LUTA NOS GARANTE”. Finalizou.

Fonte: Seeb-Feira de Santana

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.