Sidebar

17
Qui, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Para organizar as manifestações do 10 de Novembro, Dia Nacional de Mobilizações, Greves e Paralisações em Defesa dos Direitos e contra a Reforma Trabalhista, da Previdência e o Trabalho Escravo, a CTB-BA realiza reunião com os sindicatos filiados, nesta terça-feira (31/10), às 9h, no Sindicato dos Bancários da Bahia, no bairro das Mercês.

A data escolhida antecede o início da nova legislação trabalhista, que representa o maior ataque do capital contra o trabalho. A posição da CTB é resistir a todo custo contra essa reforma, que enfraquece e vulnerabiliza a classe trabalhadora.

“O movimento sindical, a classe trabalhadora e os movimentos sociais precisam reagir. O dia 10 de novembro deve se converter em uma grande mobilização nacional. Para tanto, precisamos reforçar a organização e a mobilização e, assim, ocupar e ganhar as ruas de todo o Brasil. Isso irá exigir ampla participação da militância e dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirma Adilson Araújo, presidente nacional da CTB.

Fonte: CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.