Sidebar

22
Sex, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

“Teve Violência, denuncie!”. Este é o tema central do ato que a CTB Bahia realiza nesta quarta-feira (7/12), das 14h às 17h, na praça da Piedade, no centro de Salvador. O evento é parte das atividades dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, que se encerram no próximo domingo, com uma caminhada no Dique do Tororó.

A CTB está convocando todos os trabalhadores e trabalhadoras para participar do ato, que contará com intervenções culturais, recital de poesia e distribuição de farto material informativo sobre o tema, que é de extrema importância para toda a sociedade e não apenas um problema das mulheres.

As classistas reafirmam que as ações dos 16 dias de ativismos assim como todas as outras atividades das mulheres deve haver ampla participação dos homens. “Como todos sabemos, o comportamento machista não é exclusividade masculina. Há homens machistas, mulheres machistas, músicas machistas, livros machistas, doutrinas machistas. Da mesma forma, o feminismo não é uma luta apenas das mulheres. Precisamos continuar mudando a atitude que ensina os homens a se sentirem ameaçados pela presença e o sucesso das mulheres, somos aliados e não rivais. Por isso, estamos convocando todos e todas para o ato desta quarta-feira ", ressalta a secretária da Mulher da CTB Bahia, Marilene Betros.

Caminhada no Dique

A CTB Bahia está também convocando todos os trabalhadores e trabalhadoras classistas para a Caminhada Eles por Elas, que acontecerá no próximo domingo (11/12), a partir das 8h30, no Dique do Tororó, em Salvador, evento encerra as atividades 21 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher na Bahia.

Organizado pela Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), tendo como referência o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, 6 de dezembro, o evento contará com o apoio das centrais sindicais, que se comprometeram com a mobilização dos sindicatos filiados para participar da corrida.

A expectativa da SPM-BA é mobilizar cerca de 500 pessoas para o ato, que reunirá a sociedade civil, além de autoridades, artistas e esportistas.

Para participar, basta realizar a inscrição no site da secretaria - www.mulheres.ba.gov.br.

A campanha é uma mobilização mundial, que acontece anualmente, entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro, e consiste na luta pelo enfrentamento à violência contra as mulheres. No Brasil, tem início antecipado no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, configurando assim 21 dias de ações pelo fim da violência contra a mulher.

Fonte: CTB-BA

 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.