Sidebar

26
Dom, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O dia 29 de agosto marca o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, uma data que reitera sua luta contra o machismo e o preconceito em relação à sexualidade. E para confirmar o combate ao preconceito, a CTB Bahia realiza nesta quarta (29) roda de conversa sobre os avanços e desafios da comunidade LGBTQI+ no mundo do trabalho.

A secretaria de Políticas Sociais da CTB Bahia irá realizar no dia 29/08 uma roda de conversa cultural para discutir sobre os avanços e desafios da comunidade LGBTQI+ no mundo do trabalho. O encontro será no Espaço Cultural Caras e Bocas, na Rua Carlos Gomes,140, bairro Dois de Julho, em Salvador, ás 17h30.

Na atual conjuntura os desafios para a comunidade LGBTQI+ são grandes e é preciso resistir explica Flora Brioschi, secretária de políticas da CTB Bahia. “Precisamos debater esse tema, pois é muito importante para essas mulheres que carregam uma discriminação histórica por serem lésbicas e continuam sendo excluídas no mercado de trabalho, precisamos lutar por elas que tem o mesmo direito de qualquer cidadão”, ressalta.

Mais

Esta data foi criada em 1996, durante a realização do 1º Seminário Nacional de Lésbicas (SENALE), organizado pelo Coletivo de Lésbicas do Rio de Janeiro (COLERJ). A partir de então, o dia 29 de agosto passou a representar um marco na luta das lésbicas pela visibilidade de seus direitos e posicionamento na sociedade como mulher e gay.

Serviço

O encontro será no Espaço Cultural Caras e Bocas, na Rua Carlos Gomes,140, bairro Dois de Julho, em Salvador, ás 17h30.

CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.