Sidebar

24
Seg, Set

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB Bahia, por meio de sua Diretoria Executiva, vem a público manifestar seu mais veemente repúdio à covarde agressão aos companheiros municipais, Bruno Carianha; Everaldo Braga; Rogério Dantas e Edna Maria, perpetrada por policias militares na tarde da última segunda-feira (18/06/2018), na Câmara Municipal de Salvador.

Leia também: Servidores são agredidos durante manifestação na Câmara 

Na ocasião, alguns servidores foram agredidos fisicamente, imobilizados e algemados pelos policiais, de uma forma abusiva e injustificada. A mando do Prefeito ACM neto, os policiais ali sabiam pois presenciaram que aquela pacífica manifestação buscava apenas acompanhar a votação do Projeto de Lei Complementar (PLC nº 01/18), que altera gratificações e outros dispositivos de interesse da categoria. 

A CTB Bahia considera inaceitável a violação da integridade física dos Servidores Municipais, quando estavam exercendo seus direitos de manifestação pacífica. A truculência e despreparo demonstrados pelos policiais e comprovados nos vídeos que circulam na internet, motivaram as vaias dos cidadãos que presenciaram os abusos e atraem o repúdio daqueles que acreditam que todos, inclusive os Servidores Municipais devem se submeter ao império da lei.

Os servidores Municipais estão em justa mobilização pelo reajuste salarial, a prefeitura de Salvador vem adotando uma postura de repressão a manifestação dos servidores na tentativa de acabar com o movimento grevista, e isso mostra o despreparo do prefeito em resolver contendas com movimentos sociais.

Fica nossa solidariedade a toda diretoria do Sindseps extensiva a todos os servidores municipais de Salvador.

Diretoria

CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.