Sidebar

21
Dom, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB Bahia e o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) realizaram um seminário na manhã desta segunda-feira, 13 de fevereiro, na Reitoria da Universidade Federal da Bahia, para debater a reforma trabalhista e previdenciária com trabalhadores e representantes sindicais.
A mesa de abertura foi composta pelo deputado federal Daniel Almeida (PCdoB), o reitor da UFBA João Carlos; a ministra do Tribunal Superior do Trabalho Delaíde Arantes; o secretário de Previdência, Aposentados e Pensionistas da CTB, Pascoal Carneiro; o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia,Albert Balazeir; a secretária Geral da Anamatra Ana Claúdia; Jorge Lima presidente da Abat e pela Deputada Federal Alice Portugal.

Em sua fala, o Deputado Daniel Almeida destacou o alto índice de desemprego no Brasil e as dificuldades que o trabalhador terá para chegar aos 49 anos de contribuição que será exigido pela previdência para a aposentadoria integral. "O cidadão mais pobre, fica desempregado dois, três anos sem contribuir. Imagine com que idade esse trabalhador vai completar 49 anos de contribuição. Isso vai ceifar o direito à aposentadoria de milhões de trabalhadores brasileiros", afirmou.

A ministra Delaíde Arantes falou sobre a importância da defesa dos direitos. “É importante que todos os setores organizados que envolvem o trabalho, os trabalhadores, por intermédio de entidades representativas, sindicais e associativas, estejam alertas nesse momento. Os ataques não são apenas aos partidos e aos políticos atuantes na defesa da sociedade, dos trabalhadores, mas aos direitos e às formas de proteção”, concluiu.

O secretário de Previdência da CTB, Pascoal Carneiro aproveitou para falar a importância do debate para os trabalhadores. “Esse debate sobre a Reforma da Previdência é muito importante ele é para esclarecer a classe trabalhadora sobre o ataque aos direitos que vem sendo realizado pelo governo golpista. A Reforma da Previdência é só mais uma medida desse governo para retirar direitos, restringir a democracia e privilegiar o grande capital no nosso País”.

O presidente da CTB Bahia Aurino Pedreira ressaltou que além do ataque aos direitos adquiridos o debate esclareceu que a própria Constituição do país está em jogo. “Foi um encontro brilhante onde tivemos grandes palestrantes que fizeram um grande debate, que serviu para reforçarmos a convicção do que está por trás dessa reforma, que a destruição dos direitos sociais garantidos pela Constituição de 1988”.

Fonte: CTB-BA

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.