Sidebar

25
Sáb, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A batalha contra o desmonte do Banco do Brasil vem tomando os quatro cantos da Bahia. Na manhã da quinta-feira (15/12), a Câmara de Vereadores de Feira de Santana e Conceição da Feira, municípios que ficam localizados a cerca de 110 km de Salvador, realizaram uma audiências públicas nas câmaras de vereadores das respectivas cidades para abordar os impactos da transformação e fechamentos das agências na nova proposta do “governo” golpista e privativista do Sr. Michel temer.

Apesar da ausência de representantes do BB e órgãos de defesa de consumidor, as audiências foram bem sucedidas e contou com boa parte dos vereadores Em Feira de Santana contou ainda com a participação do Presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe Emanoel Souza, da presidenta do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana Sandra Freitas, do Advogado Dr. Ivan Isac representando o Dptº Jurídico, de diretores do Sindicato e funcionários do Banco do Brasil e da diretora Jussara que representou o Sindicato dos Bancários da Bahia(Salvador) . Já em Conceição da Feira a Audiência contou com as presenças de José Venas diretor do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana e da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Carlos Freitas diretor do Sindicato de Feira de Santana e do diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia Reinaldo. As Câmaras se comprometeram com o Sindicato e a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe a comprar essa briga para manutenção das agências.

Abaixo assinados vão circular pelas cidades com o intuito de conscientizar a população sobre as importâncias das agências para a região que compreendem as cidades e será encaminhado ao MP, PROCON e também serão apresentados em novas audiências a serem realizadas em janeiro com a mesma temática.
“É importante evitar que tais atos irresponsáveis comprometam a vida de milhares e funcionários, dos clientes e usuários do Banco do Brasil, cuja sua função principal é desenvolver programas sociais com financiamentos que desenvolvam o Brasil”. Disse Emanoel Souza presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe em sua intervenção na Audiência.

“Agradecemos a iniciativa importante do Vereador Beldes Ramos(PT) e pedimos aos vereadores de Feira que marchem junto com o Sindicato e demais órgãos, no sentido de ações que coíbam a redução e fechamentos de agências do Banco do Brasil que prejudicará, e muito, funcionários e principalmente o comercio local que é procurado por diversos municípios da Bahia e de fora do estado”. Alertou Sandra Freitas presidenta do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana.

“A questão é dar ênfase ao ato e intensificá-lo. Gostaria de agradecer também a ótima receptividade da vereadora Mônica Vieira (PRB), que abriu de forma gentil as portas para gente. A Federação junto com os Sindicatos de Bancários da Bahia vão atuar de forma que evite o fechamento das unidades”, relatou o diretor do Sindicato de Feira e da Feebbase, José Venas.

Reestruturação do Banco

A reestruturação do Banco do Brasil inclui o fechamento de agências bancárias, redução de postos de trabalho no banco, lançamento de um plano de aposentadoria incentivada, redução de jornada de trabalho para parte dos funcionários com redução salarial, além da intensificação do uso dos serviços online.

Fonte: Seeb

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.