Sidebar

22
Seg, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em assembleia, nesta segunda-feira (30), as trabalhadoras e os trabalhadores em educação de Coração de Maria, no interior da Bahia, decidiram por unanimidade manter a greve, iniciada na quinta-feira (26).

Após a decisão, as educadoras e os educadores caminharam para a sede da prefeitura e ocuparam parte da sede do Executivo Municipal para dialogar com o prefeito, Edimario Paim de Cerqueira (Paim da Farmácia). 

As trabalhadoras e trabalhadores da educação reivindicam reajuste no piso dos professores e dos assistentes administrativos, além de atualização do salário base e direitos dos motoristas da educação. Cobram ainda o pagamento do 13º salário, referente ao período de 2015/2016.

Confira abaixo as reivindicações da categoria:

aplb coracao de maria bahia

Fonte: APLB de Coração de Maria

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.