Sidebar

22
Ter, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Após horas de ocupação onde trabalhadoras e trabalhadores em educação da rede municipal resistiram bravamente, das 9h da manhã de terça-feira (25), dentro da Prefeitura Municipal, até o início da quarta-feira (26), sem luz, sem acesso a água, comida e ao sanitário, e com a truculência da Guarda Municipal.

os vereadores Alberto Nery (PT) e José Carneiro (PSDB) estiveram no local e se comprometeram a solicitar audiência ainda nesta quarta-feira com o prefeito de Feira de Santana, que ignorou todas as tentativas de negociação.

Convocamos todos os trabalhadores em educação, ativos e aposentados, para nós reunirmos na Câmara de Vereadores, às 8h, de onde seguiremos novamente ao Paço Municipal, junto aos vereadores para aguardar a audiência e discutir sobre os recursos dos precatórios do Fundef. Porque 60% dos recursos é por Lei, direito das trabalhadoras e dos trabalhadores em educação e 40% devem ser destinados às outras necessidades da educação. A audiência está marcada para começar às 14h30.

Com esses recursos muitas escolas que se encontram em situação precária, melhorariam, bem como todo o ensino público municipal, contudo, os recursos no valor de R$ 248 milhões continuam parados nos cofres do município, pela falta de avanço nas negociações por parte da administração municipal.

Fonte: APLB-Sindicato

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.