Sidebar

15
Seg, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Reunidos em assembleia na noite desta quinta-feira 13, no auditório dos Comerciários, os trabalhadores e trabalhadoras no comércio de Itabuna decidiram que vão cruzar os braços no dia 28 de abril, data da greve geral convocada pelas centrais sindicais contra as reformas da previdência e trabalhista, além da terceirização aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente golpista Michel Temer.

“Não podemos aceitar calados o desmonte da previdência social, o fim da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) e o aumento da precarização das condições de trabalho”, afirmou Nivaldo Freitas, diretor do Sindicato dos Comerciários de Itabuna. “A classe trabalhadora unida vai barrar estes ataques e derrubar este governo golpista, inimigo dos trabalhadores”, declarou o sindicalista.

Diversas outras categorias profissionais de Itabuna, como bancários, professores, servidores públicos, agentes comunitários, profissionais de saúde, limpeza, alimentação, trabalhadores rurais, gráficos, operários têxteis e da construção civil estão realizando assembleias para confirmar a participação na greve do dia 28. “Vamos parar o Brasil”, assegurou Freitas.

Portal CTB com Sindicomerciários Itabuna

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.