Sidebar

19
Dom, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A 20ª Conferência dos Bancários da Bahia e Sergipe  foi um sucesso. O evento encerrado na manhã deste domingo (20/5), em Salvador, reuniu 319 delegados e delegadas dos dois estados e aprovou a manutenção da minuta de reivindicações de 2016 e aumento real de 5% nos salários como as prioridades para a campanha nacional 2018.

Os trabalhadores aprovaram ainda a proposta de incluir  a regulamentação da contribuição sindical na Convenção Coletiva de Trabalho e a adequação dos fóruns estaduais e nacionais à realidade financeira dos sindicatos como proposições a serem defendidas pelos 29 representantes dos dois estados que participarão da Conferência Nacional, que acontece nos dias 9 e 10 de junho, em São Paulo.

A Conferência foi bastante representativa desde o primeiro dia e  contou com a participação de 236 delegados e 83 delegadas,  dos 13 sindicatos da base da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe – Bahia, Sergipe,  Feira, Jequié, Conquista, Juazeiro, Conquista, Jacobina, Irecê, Itabuna, Ilhéus, Camaçari e Barreiras.   

Coordenada pelo presidente da Federação da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, a mesa de abertura contou com a participação do presidente da CTB Bahia, Pascoal Carneiro, e da CTB Sergipe, Adênito Santos; do presidente da CT Bahia, Cedro Silva; da secretária Estadual de Politica para Mulheres da Bahia, Julieta Palmeira; da representante da Contraf, Magali Fagundes, além da presidenta do Sindicato de Sergipe, Ivânia Pereira, e de Feira, Sandra Freitas, e o presidente do Sindicato da Bahia, Augusto Vasconcelos.

febase bahia

Unidade sempre

A importância da unidade para a manutenção dos direitos foi tema comum em todos os momentos do evento, que contou com debates de  extremo interesse da categoria, como os desafios econômicos e políticos do Brasil, a realidade da categoria bancaria, os impactos da reforma trabalhista na convenção coletiva de trabalho da categoria e as formas de mobilização dos trabalhadores para a campanha salarial.

O evento contou também com a discussão das demandas especificas de cada empresa, que aconteceu na tarde de sábado com o encontro por bancos, no qual os funcionários puderam discutir as prioridades para as mesas de negociações permanentes.

Durante a plenária final do domingo, os trabalhadores puderam conhecer ainda um pouco mais do perfil da categoria e uma amostra do que os bancários estão respondendo na Consulta da Campanha Nacional. Os dados preliminares mostram a manutenção de direitos, garantia de emprego, aumento real de salários e combate à terceirização como as prioridades. O que se reflete na pauta aprovada na Conferência.

Os participantes aprovaram ainda uma moção de repúdio à prisão do ex-presidente Lula; uma moção de solidariedade ao jornalista Paulo Henrique Amorim, que foi agredido em um hotel de Salvador no sábado, após participar do encontro dos petroleiros; uma moção de aplauso ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, por ter batizado uma escola municipal com o nome do ex-presidente do Sindicato de Sergipe José Souza de Jesus; e uma moção de apoio à candidatura do presidente de Sindicato da Bahia, Augusto Vasconcelos, a deputado estadual e a todos os candidatos que defendem os interesses da classe trabalhadora.

O presidente da Feebbase, Hermelino Neto, comemorou o sucesso do primeiro evento da sua gestão. “A Conferência ocorre em um momento importante da vida politica do país, em um momento de ameaças, no qual é importante que os trabalhadores e trabalhadoras participem dos debates. Essa Conferência mostrou que a categoria bancária está percebendo a importância deste momento. Isso ficou evidente no grande numero de participantes, no alto nível dos debates, na empolgação das pessoas. O auditório se manteve sempre cheio em todos os momentos. Foi um clima de muito ânimo, de muita garra, e, é este clima que a gente quer levar para as agencias durante a campanha”, concluiu.

Ascom da Federação dos Bancários da Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.