Sidebar

10
Seg, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os servidores e servidoras públicos estaduais realizaram assembleia na tarde de terça (4), na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Participaram da assembleia conjunta a APLB-Sindicato, Sindsefaz, Sinpojud, Aduneb, Sindsaúde, Adusb, Sindipoc, Ascom, Sintracom, CTB, Simpem, entre outras entidades.

Em pauta, a continuidade da luta contra o aumento da alíquota da Previdência Estadual, de 12% para 14%.

Na oportunidade, foi aprovada convocação de Dia Estadual de Luta do Funcionalismo Público para esta quinta (6). A APLB-Sindicato também informou que haverá paralisação do trabalho e mobilização e às 13 horas haverá nova assembleia conjunta na AL-BA.

Mais

A mobilização é organizada pela APLB-Sindicato, Sindsaúde, Sindsefaz, Sinpojud, com a participação de entidades e representantes de várias outras categorias de servidores estaduais.

Na segunda-feira, 3, a APLB-Sindicato,  juntamente com Sinpojud, Sindsaúde e Sindsefaz, entregaram um documento na Presidência da Assembleia Legislativa do Estado, pedindo que o legislativo não vote as matérias enviadas pelo governador Rui Costa, especialmente o aumento da alíquota do FUNPREV.

Projetos

No último dia 29/11, o governo enviou projetos que aumentam a alíquota previdenciária de 12% para 14%, reduz de 4% para 2% a participação dos poderes no custeio do Planserv e modifica o Teto Salarial da Bahia, que passará do vencimento de desembargador para o vencimento do governador.

Acompanhe imagens da luta na Bahia:

 


 

h

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.