Sidebar

19
Sex, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Ao contrário do que acontece em outras unidades do país, os funcionários do Complexo Ford Camaçari começam a retornar do layoff muito antes mesmo do final do prazo do programa de suspensão do contrato de trabalho. de acordo com o Sindicato, 182 funcionários que estavam em layoff vão retornar ao trabalho a partir de junho, após grande e intensa pressão na mesa de negociação com o Complexo Ford.

Isso acontece apenas um mês e meio depois de a montadora adotar o layoff, que tem como prazo final janeiro de 2017. Pois é, muito antes do fim deste prazo o Sindicato dos Metalúrgicos já conseguiu garantir o retorno de trabalhadores ao chão de fábrica, numa promessa feita e cumprida pela direção do STIM Camaçari.

É preciso destacar que enquanto em outras montadoras espalhadas pelo país os funcionários não conseguem retornar à fábrica e acabam demitidos, aqui na Ford Camaçari já se tem o grande avanço do retorno de trabalhadores às atividades, demonstrando o poder de negociação e mobilização dos trabalhadores e do Sindicato.

E não para por aí. O Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari vai continuar lutando para que mais e mais trabalhadores em layoff retornem à fábrica, assegurando as vagas de trabalho e evitando demissões. “Estamos cumprindo nossa palavra de garantir o retorno desses trabalhadores ao chão de fábrica, muito antes do fim do layoff. Isso é de extrema importância, pois demonstra nossa capacidade de negociação e poder de mobilização”, explica Júlio Bonfim, presidente do Sindicato.

Fonte: STIM CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.