Sidebar

17
Qui, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou na segunda (22) a suspensão dos efeitos da condenação de Isaac Carvalho (PCdoB), ocorrida em 2016 devido a irregularidades em fatos relativos a 2010, quando era prefeito de Juazeiro (BA).

Isaac se candidatou a deputado federal nas eleições deste ano e teve votação suficiente para se eleger, mas sua candidatura foi rejeitada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), a pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE) do estado. Assim, os votos do comunista não foram validados.

Caso tenha os votos computados, o ex-prefeito pode tirar a vaga de Leur Lomanto Jr. (DEM), que foi eleito nas sobras do cálculo do quociente eleitoral. Isaac levará a ação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e aguardará a decisão da Corte. O Ministério Público ainda pode recorrer da decisão do STJ.

Na tribuna da Câmara de Vereadores de Juazeiro-BA, o vereador Agnaldo Meira (PCdoB) comemorou. Para Meira, a boa notícia representa uma esperança para os mais de 100 mil eleitores, que apostaram no projeto político de Isaac Carvalho.

“A vitória nas urnas de Isaac Carvalho representa a vitória do Sertão, a vitória da Bahia, porque precisamos de mais parlamentares que possam trazer projetos, que fortaleçam ainda mais a nossa região”, afirmou Meira.

Com a decisão do ministro Joel Ilan Paciornik, da 5ª Turma da Corte, a inelegibilidade de Isaac fica suspensa até que o STJ julgue o recurso do político, e os votos que teve podem ser computados. O ex-prefeito teve mais de 100 mil votos no primeiro turno da eleição, em 7 de outubro.

“Eu não cometi nenhum dano ao erário. Foi uma batalha árdua, mas vencemos. Eu sou muito grato a quem vê em mim um legítimo representante dos seus anseios e vou lutar todos os dias para honrar cada voto que recebi”, disse Isaac ao receber a notícia.

Congresso em Foco

 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.