Sidebar

23
Qui, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Trabalhadores, estudantes e manifestantes de diversas categorias protestaram em Salvador, na tarde deste domingo (04/9), contra o impeachment de Dilma Rousseff, afastada do cargo pelo Senado Federal.

O ato foi convocado pela Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo e as centrais sindicais. A manifestação reuniu 8 mil pessoas  no Campo Grande que saíram em caminhada até o Farol da Barra.

Além de faixas e cartazes com a frase "Fora Temer", as pessoas presentes cantaram palavras de ordem como “Não é carnaval, é Salvador caindo na real” e “o Brasil vai parar, vamos tirar o Temer de lá”.

“Estamos diariamente nas ruas para dizer que não aceitamos o golpe e não vamos permitir medidas que o governo de Temer vem adotando, que prejudica toda a sociedade. Então hoje, a CTB  está aqui junto com diversos segmentos dos movimentos sociais e com a população, para dizer que vamos manter a resistência e deixar claro que esses golpistas não vão ter sossego”, afirmou o presidente da CTB Bahia, Aurino Pedreira.

 Aurino aproveitou para convidar todos para o ato da quarta-feira (07/9).  “A CTB Bahia está convocando a sociedade para o grito dos excluídos que acontece logo após o desfile de 7 de setembro, no Campo Grande.  Este ano com  mais uma grande importância, a luta contra o golpe”. 

Por Marcivaldo Santos,  CTB-BA

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.