Sidebar

25
Seg, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A celebração do primeiro de maio em Salvador reuniu milhares de pessoas no Farol da Barra nesta terça-feira. Mais que celebração, foi uma tarde de luta e um momento de reafirmar a defesa da valorização do trabalho, e reforçar as críticas à reforma trabalhista, além de mostrar que a população é contra a prisão do ex-presidente Lula.

“Estamos vivendo um momento de muita dificuldade no país, nossa democracia está ameaçada, então neste dia 1 de maio, vai ser mais que uma celebração, convocamos todos para   defender o estado democrático de direito e liberdade do povo, o 1º de Maio precisa refletir isso. Nosso papel é defender os trabalhadores”, reforça Pascoal Carneiro, presidente da CTB Bahia.

O ato foi construído pelas centrais sindicais CTB, FS, UGT, CUT e Nova Central Sindical. As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo também participarão do evento.

CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.