Sidebar

19
Dom, Ago

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

logo_ctbA CTB-PI está junto com o Sinpro, mobilizando um ato público de lançamento da Campanha Salarial dos Professores e Auxiliares das escolas particulares do Piauí 2011/2012.

Para a CTB, que defende a valorização do emprego, aliada à perfeitas condições de trabalho, é primordial a valorização dos professores e de sua função que é a de educar crianças e jovens. O Ato acontece na avenida Frei Serafim com a Coelho de Resende, na sexta-feira (6), a partir das 10h.

Carta Aberta

NÃO SE FAZ EDUCAÇÃO SEM PROFESSORES E AUXILIARES


Senhores pais e mães,


Nós, auxiliares, professores e professoras dos Estabelecimentos de Ensino Privado do estado do Piauí iniciaremos hoje, às 15h, nossa Negociação Salarial para 2011/2012. Para negociarmos de maneira justa, partimos do princípio de que nossas atividades são de grande importância para a sociedade, pois nos dedicamos integralmente a educar as novas gerações.

Valores, noções de mundo, informações e técnicas são um patrimônio que a pessoa leva para a vida toda, e nós, professores, professoras e auxiliares, trabalhamos isso com nossas crianças, jovens e adultos todos os dias. Diante de tanta responsabilidade, entendemos que lutar para que obtenhamos melhores condições de trabalho é decisivo para sucesso em nossa missão. Assim, nessas negociações, dentre outras coisas, reivindicamos:

- Criação do piso Salarial da Categoria;
- Unificação das Férias;
- Garantia de salário até o final do semestre em caso de demissão extemporânea;
- Garantia do pagamento da insalubridade para quem trabalha na limpeza de banheiros e para professores e técnicos de laboratório;
- Limite de alunos por sala de aula. (Pelo Fim das Salas Lotadas );
- Ganho salarial real de 4%, mais o INPC;
- Melhoria da remuneração para as titulações de Especialistas, Mestres e Doutores;
- Plano de carreira para os trabalhadores;

“EDUCAÇÃO NÃO É MERCADORIA”

SINPRO - PI


Fonte: CTB-PI

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.