Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB, em conjunto com as centrais sindicais e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE/PA promoveu na terça-feira (23), no auditório do Sindicato dos Urbanitários, a VI Jornada Nacional de Debates, com o tema “Negociação Coletiva e Trabalho Decente.

ctb-pa_jornada_debates

Do debate, participaram o presidente regional do Tribunal do Trabalho 8ª Região, José Maria Quadros de Alencar; o Superintendente Regional do Trabalho, Odair Corrêa; o presidente da CTB Marcão Fonteles, o presidente da UGT, Zé Francisco; da CGTB, Edvaldo; e diretor da CUT, Adalberto Faro; da Força Sindical, Nonato, e Domingos Elléres, presidente da NCST.

O presidente da CTB, Marcão Fonteles (na foto ao microfone) falou da situação do estado do Pará e da necessidade de romper com a prática de transformar em almoxarifado de matérias primas para atender às elites de outros estados e para exportação. Desde a época da borracha até a atual produção mineral e geração de energia. Lembrou que o Pará apesar de ser o 12º PIB nacional é apenas o 22º em IDH. Ou seja, é um estado rico de povo pobre. Hoje, o Pará é o 7º estado do país em investimentos, com aproximadamente 107 bilhões de Reais.

A fala de Marcão continuou alertando que esse volume de investimento significa geração de empregos, sendo projetados cerca de 180 mil postos de trabalhos formais nos próximos 4 anos e que para que isso se transforme em melhora da qualidade de vida da população paraense é necessário que se amplie a qualificação dos trabalhadores. Esse tema é tratado pela CTB, com o governo do Estado do Pará, desde abr/2009, ainda na gestão Ana Júlia e recentemente retomado com o governo Jatene e ainda sem avanços concretos.

Diversos pronunciamentos destacaram a real situação do trabalho, emprego e renda no Estado do Pará, bem como, o que pode ser feito com vistas a que os paraenses possam absorver o mercado de emprego que estará amplamente aberto até 2014, diante da instalação, aqui, de grandes projetos, inclusive o da construção da Usina Hidrelétrica de Belomonte que, para o sindicalista Marcos Afonso precisa resgatar e atender as demandas sociais e ambientais para que efetivamente traga benefício para o povo trabalhador do Pará.

A representante nacional do DIEESE, Lilian apresentou, ao final, um balanço das negociações dos reajustes salariais do 1º semestre deste ano, apontando e m detalhes os números reais da situação do trabalho no Brasil ao longo dos últimos anos e as premissas da campanha por trabalho decente no país.

Fonte: CTB-PA


0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.