Sidebar

21
Ter, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em nota, o Sindicato dos Químicos de Barcarena, no Pará, repudia a decisão das demissões em massa da Hydro Alunorte.

A medida desrespeita respeitar a liminar deferida pela primeira Vara do Trabalho de Abaetetuba que garante emprego a todos os trabalhadores e trabalhadoras da Hydro Alunorte com audiência de sentença marcada para o dia 18 de janeiro de 2019.

De acordo com informações do secretário-geral do Sindquímicos, Manoel Paiva, foram mais de 60 demissões em decorrência do embargo de 50% da Hydro. "O Sindicato repudia tal decisão. Os trabalhadores e trabalhadoras não são os culpados do desastre ocorrido em fevereiro de 2018", lembrou.

whatsapp image 2018 12 19 at 11.02.23

whatsapp image 2018 12 19 at 11.02.24 1

CTB em luta contra as demissões na Alunorte.

whatsapp image 2018 12 19 at 11.00.48

Sindicato vai à Justica contra demissões na Alunorte.

whatsapp image 2018 12 19 at 10.57.28

Ele informou que o Sindicato vai entrar com ação pedindo a reintegração de todos e todas, pois tem liminar que garante a manutenção dos empregos com audiência marcada para 18 de janeiro de 2019.

Confira nota:

:

 

CTB Pará

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.