22
Sex, Set

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

E agora Aécio ?
Que com Cunha, Temer, Perrela ...
Você andava.
Sempre golpeando a democracia,
Você de plantão estava.
Paladino da ética
Ao povo você enganava.
E agora Aécio?
O dinheiro sujo você cheirava.

E agora Aécio ?
Não tem luz na escuridão.
Você esta mergulhado
Nas minas da corrupção.
Você cheira mal,
Um defunto político
Em estado de putrefação.

Lá vem o trem!
Café com pão! Café com pão! Café com pão!...
Do Oiapoque ao Chuí
Tão dizendo que tu és um ladrão.

Com a chave na mão
Quer abrir a porta,
Não existe porta;
Quer morrer no mar,
Mas o mar secou;
Que ir para Minas,
Minas não há mais.
Aécio, e agora?
A coisa ta feia!
O teu futuro e duvidoso,
Parece estar na cadeia.
Tancredo treme no túmulo
Eita! Moleque bom de peia.

Francisco Batista Pantera é professor, jornalista, poeta e Presidente Estadual do CTB - RO. Crédito: CartaCapital