Sidebar

16
Qua, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Sindicato dos Metroviários divulgou nota nesta sexta (19) confirmando a sua denúncia de que as linhas 5-Lilás e 17-Ouro seriam vendidas para a CCR e que o leilão realizado hoje tinha "cartas marcadas". 

Ele destaca o fato de o grupo vencedor, o Consórcio Via Mobilidade, ser liderado pela CCR, que já é a controladora da Linha 4- Amarela. A CCR é uma das maiores empresas privadas brasileiras e tem entre seus maiores acionistas os grupos Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa. 

O Via Mobilidade apresentou o maior lance de outorga no leilão e assumiu as operações das duas linhas, ambas atendem majoritariamente a zona sul da capital paulista (como mostra a tela abaixo).

Leia artigo na íntegra:  

"Confirmando as denúncias feitas pelo Sindicato, que tiveram bastante repercussão na mídia, o grupo CCR venceu o leilão de privatização das Linhas 5 e 17, realizado na manhã de 19/1 (sexta-feira).

A diretoria do Sindicato dos Metroviários convocou uma entrevista coletiva, no dia 11/1, para exatamente denunciar que o leilão seria de cartas marcadas, o que foi aconteceu.

O Consórcio vencedor, o Via Mobilidade, é liderado pela CCR, que já administra a Linha 4-Amarela.

O leilão só foi realizado porque o Tribunal de Justiça cassou a liminar que impedia sua efetuação. Em decisão de primeira instância, o juiz Adriano Marcos Laroca, da 12ª Vara da Fazenda Pública, havia julgado em favor de ação de vereadores do PSOL Sâmia Bomfim e Antonio Vespoli.

O juiz argumentou da seguinte forma em sua sentença: “Basicamente, pode-se dizer que se trata de uma privatização custeada com recursos públicos”.

O Sindicato dos Metroviários, que organizou uma greve de 24 horas em 18/1, contra a privatização das linhas, continuará a luta contra essa entrega. Utilizará para isso todos os recursos jurídicos possíveis.

Sindicato dos Metroviários 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.