Sidebar

16
Qua, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em assembleia no CMTC Clube nesta segunda-feira (5), em São Paulo, os trabalhadores dos Correios aprovaram, por unanimidade, a greve da categoria a partir das 22 horas do domingo, 11 de março. 

O motivo da paralisação é a alteração na assistência médica da categoria, imposta pela empresa em acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), assim como as condições de trabalho, as ameaças de privatização e de suspensão de férias, entre outras medidas.

Segundo o sindicato da categoria, o Sintect, desde a década de 1980 a assistência médica dos trabalhadores dos Correios não é cobrada mensalmente, sendo paga apenas em caso de uso.

Isso é considerado um marco histórico para a maioria dos trabalhadores devido aos baixos salários. Segundo o sindicato, a cobrança desejada pela empresa for efetivada, muitos funcionários ficarão sem assistência de saúde.

Uma nova assembleia foi convocada para a segunda-feira (12) para avaliar o resultado da audiência e decidir o encaminhamento da luta.

Portal CTB

 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.