Sidebar

13
Qui, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Devido à intransigência do Metrô, que se recusa a negociar o pagamento da Participação nos Resultados de 2016, os metroviários de São Paulo decidiram, em assembleia realizada na terça-feira (14), decretar Estado de Greve, com indicativo de paralisação de 24 horas para o próximo dia 23, véspera do feriado de carnaval.

Durante a assembleia, a categoria também aprovou a distribuição de uma Carta Aberta à População para denunciar a falta de funcionários, a precariedade do sistema imposta pelo governo estadual, e a possível paralisação e seus motivos.

No dia 22 haverá uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), onde o Metrô ficou de apresentar a proposta da PR. Uma assembleia nova será realizada às 18h30 para avaliar a proposta apresentada que será apresnetada pelo Metrô.

Portal CTB com Sindicato dos Metroviários de SP

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.