Sidebar

19
Sex, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Na madrugada desta segunda-feira (08) o Sindicato tentou realizar um ato com distribuição de carta aberta a população, mas na tentativa de distribuir no saguão do Aeroporto, a polícia do Golpista Temer reprimiu e expulsou todos os trabalhadores e trabalhadoras sob alegação que está proibido qualquer manifestação política durante as olimpíadas.

"A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) alega não ter dinheiro, que existe um déficit, mas os patrocínios continuam a todo vapor. O governo Temer já disse que não vê dificuldade em privatizar os Correios. Essa atitude demonstra claramente pra quê veio este governo", afirma Elias Cesário, o Diviza, presidnete do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de São Paulo (Sintect-SP).

O dirigente avisa que o Sintect-SP, juntamente com os trabalhadores, não vai retroceder diante desse governo ilegítimo e golpista de tentar abafar qualquer tipo de manifestação. 

"Vamos continuar realizando atos e mostrando pra população que a privatização trará sérios prejuízos para a sociedade num todo. Os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios estão unificados contra a Privatização", afirmou Diviza.

1 ato correios aeroporto3

Portal CTB com Sintect-SP

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.