Sidebar

20
Sáb, Abr

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Solenidade de posse da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sintaema-SP) acontece segunda (21), a partir das 18h.

Com a Chapa “Unidade e Muita Luta”A nova direção foi eleita em 25 de agosto de 2018 em assembleia realizada na Colônia de Férias da categoria, em Nazaré Paulista.

“Vivemos sob um golpe, o saneamento corre o risco de ser privatizado através da MP 844/18, existe a ameaça da reforma da previdência e outros perigos iminentes, portanto a unidade das correntes que irão compor a nova diretoria é o fortalecimento da luta dos trabalhadores”, afirmou o diretor de imprensa e  presidente eleito para a próxima gestão do Sintaema, José Faggian (foto acima).

“Esta unidade representa as diferentes forças políticas juntas contra os ataques do governo Temer, vamos estar todos juntos na luta em defesa de nossos valorosos trabalhadores”, disse o presidente do Sintaema, Rene Vicente”.

Outros membros da atual e futura diretoria do sindicato exaltaram a nova composição que virá com muita disposição para enfrentar as batalhas futuras.

Parlamentares e convidados prestigiaram a assembleia

Para levar apoio e desejar sucesso à diretoria, várias personalidades da política, do meio sindical e de partidos políticos estiveram na assembleia, entre eles o deputado federal Orlando Silva (PCdoB), a deputada estadual Leci Brandão (PCdoB), o presidente do PT de São Paulo, Paulo Fiorilo, o vice-presidente do PT estadual, Jilmar Tatto, o presidente da CTB nacional, Adilson Araújo, o diretor de Relações Internacionais da CTB, Nivaldo Santana, o presidente do Sintius, Carlos Platini, Joeferson Faccin, da CSP – Conlutas, o ex-deputado estadual Vanderlei Siraque, o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, o ex-presidente do Sindicato dos Metroviários, Flavio Godoi, o professor de física e membro do PCdoB, Rafael Purgato, e demais companheiros de jornada que abrilhantaram a assembleia.

Os problemas atuais que a classe trabalhadora e a população enfrentam com as políticas nefastas do governo Temer e as tentativas de privatização do patrimônio público foram colocadas pela maioria das explanações desses convidados.

Fonte: Sintaema

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.