Sidebar

21
Dom, Out

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em São Paulo, o ato se concentrou na avenida Paulista, em frente à Fiesp, e reúne agora lideranças das principais centrais sindicais e dos movimentos sociais e partidários. Depois sairá em caminhada até a sede da Petrobras.

Wagner Gomes: "Onde estão os empregos, os melhores salários, os preços justos?"

O secretário geral da CTB, Wagner Gomes, foi um dos representantes da central que discursou pela manhã e denunciou a farsa conduzida pela Fiesp, uma das grandes patrocinadoras do golpe de 2016. 

"Estamos aqui na sede da Federação das Indústrias de São Paulo, uma das patrocinadoras do golpe, que prometeu emprego e salários melhores. Nós estamos aqui para cobrar: onde estão os empregos, os salários e os preços justos?".

8e3f5f1c-ff16-45fa-8826-25c4a8b0f986.jpg

O presidente da CTB-SP e do Sintaema, Rene Vicente, levou para av. paulista o protesto conta a Medida Provisória 844, do saneamentos básico, que privatiza o sistema. O dirigente Flavio Godói (foto), metroviário e candidato à deputado estadual, também marcou presença no ato. 

Abaixo, o presidente em exercício da CTB, Divanilton Pereira, o presidente licenciado da CTB, Adilson Araújo, e o secretário de Formação, Ronaldo Leite. Divanilton e Adilson saudaram a unidade das centrais e a importância das eleições de outubro para dar uma guinada no rumo do país.

ASSISTA

 DkPix9EXgAAdifZ.jpg

 

Fotos e informações: Marcos Aurélio Ruy

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.