Sidebar

17
Qua, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os trabalhadores dos Correios podem entrar em greve se a empresa insistir na proposta de extinguir os APPs, cargos que poderão ser, paulatinamente, substituídos pela mão de obra terceirizada. A categoria se reúne neste sábado (17) em grande plenária para debater diversos temas.

CTB/SP: contra reforma da previdência, centrais e movimentos fazem ato em Congonhas dia 19/02

"A greve está em pauta pela questão dos APPs, cargo que eles querem extinguir da empresa, abrindo caminho para susbtituição pela mão de obra terceirizada. E vamos também mobilizar para o ato do dia 19, contra a reforma da Previdência. Iremos ao Masp apoiar os trabalhadores", diz Elias Diviza, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de São Paulo, Região Metropolitana de São Paulo e Zona Postal de Sorocaba (SINTECT-SP).

O Sintect-SP convida a categoria para debater os efeitos da terceirização e da reforma trabalhista. O sindicato também discutirá agenda de ação contra o processo de precarização e a ameaça de reforma da previdência.

Serviço:

Data: 17/02
Local: Sindicato dos Eletricitários de São Paulo
Rua Thomaz Gonzaga, 50 - Liberdade
Horário: das 14 às 18 h.
Pauta: Debater ações referentes ao plano de saúde, extinção/terceirização dos OTTs, Privatização da ECT e reformas previdenciária e trabalhista.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.