Sidebar

20
Sáb, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu que os trabalhadores da Via Quatro, concessionária que administra a linha 4-Amarela (Luz-Butantã) do Metrô paulista, e do Veículo Leve sobre Trilho (VLT) da Baixada Santista, operado pelo Consórcio BR Mobilidade, devem ser filiados ao Sindicato dos Metroviários de São Paulo e não ao Sindicato dos Empregados nas Empresas Concessionárias no Ramo de Rodovias e Estradas em Geral do Estado de São Paulo.

O coordenador geral do Sindicato, Wagner Fajardo, comemorou a decisão. “A sentença o TST é uma grande vitória para a categoria”.

A luta política e judicial do sindicato para que a ViaQuatro acatasse a representação sindical dos funcionários já vinha há mais de seis anos, com mediação do Ministério do Trabalho (MT). Em audiências ao longo do processo, a ViaQuatro se esquivou de diversas reuniões, afirmando que discute as reinvindicações laborais junto ao Sindecrep, que é o sindicato dos empregados de empresas concessionárias do ramo de rodovias e estradas.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.