22
Sex, Set

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Leia abaixo artigo divulgado nesta quinta-feira (18) pela entidade:

FETAG-RS quer um país ético novamente

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (FETAG-RS), legítima representante da agricultura familiar deste Estado, sente-se indignada com os últimos acontecimentos expostos em relação ao atual presidente da República, Michel Temer.

No momento em que o país e seus cidadãos vivem uma situação de retrocesso quanto à perda iminente de direitos com as Reformas Previdenciária e Trabalhista, vemos um governo que não possui ética e confiabilidade para com a sociedade.

É inadmissível o povo brasileiro entender e aceitar as reformas propostas, que serão prejudiciais, vendo o desmanche da máquina pública em favor de uma minoria que acredita dominar o país com seu poderio econômico e político.

A FETAG-RS acredita que para que Brasil possa, realmente, ser um espaço democrático e ético em que as pessoas possam sentir-se seguras, com acesso à educação, saúde, infraestrutura e, acima de tudo, com a garantia de direitos já conquistados, é fundamental e urgente que o governo federal retire de pauta a discussão das Reformas Previdenciária e Trabalhista.

É imprescindível ter a credibilidade e a confiança da sociedade para fazer qualquer mudança! Hoje, os cidadãos estão indignados com tamanha falta de sensibilidade com os problemas sociais enfrentados!

A FETAG-RS solicita ao presidente Michel Temer que peça seu afastamento até que todos os fatos se esclareçam. Esta ação trará um pouco de esperança para os brasileiros e brasileiras.

Direção da FETAG-RS