Sidebar

16
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em dia de protestos por todo o país. Assim foi marcada esta sexta-feira (22/03). Organizadas pelas centrais sindicais, as manifestações alertam para os prejuízos que a reforma da Previdência causam aos brasileiros. Em Salvador, a mobilização começou cedo. Às 9h, os manifestantes se reuniram na Rótula do Abacaxi. De lá, caminharam até a região do Iguatemi.

O Sindicato dos Bancários da Bahia somou forças para denunciar o desmonte da Previdência Pública, fim das aposentadorias e da proteção social para idosos, pensionistas e pessoas com deficiência. Ao contrário do que o governo e a mídia dizem, a reforma não vai melhorar o país. Pelo contrário.

O sistema de capitalização vai elevar as desigualdades sociais, o desemprego e a miséria. O sistema financeiro é o principal beneficiado. O alerta foi dado pelo presidente do Sindicato dos Bancários, Augusto Vasconcelos. "O interesse dos bancos não pode ser maior do que o interesse da nação. Estamos aqui em defesa dos trabalhadores", concluiu.

Além do modelo de capitalização, o governo quer aumentar a idade para aposentadoria - 65 anos (homens) e 62 anos (mulheres) -, e o tempo de contribuição. Para ter direito a 100% do benefício, o brasileiro teria de contribuir por 40 anos.

 

Fonte: bancariosbahia.org.br

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.