24
Dom, Set

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Dando sequência às atividades de mobilização do “Maio de Lutas”, os corredores da Câmara e do Senado, iniciaram esta terça-feira (16), com dezenas de militantes da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), que estão abordando os parlamentares e levando a posição da central, contra as reformas trabalhistas e previdenciária.

Comitiva de comerciários participa de semana de mobilizações em Brasília

Os comerciários do Rio Grande do Sul, ligados à Federação dos Comerciários do RS (Fecosul) e à CTB gaúcha destacou-se trazendo cerca de 50 dirigentes sindicais para o trabalho de convencimento dos deputados e senadores.

Segundo Vitor Espinosa, secretário nacional de juventude da CTB e secretário de movimentos sociais da Fecosul, os gaúchos estão empenhados em demonstrar a insatisfação da sociedade e, em especial, dos trabalhadores e trabalhadoras diante das reformas do ilegítimo governo Temer. “Vamos ficar três dias desta semana fazendo um trabalho intenso junto aos parlamentares e dizer um sonoro ‘não’ para estas reformas que retiram os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou o jovem sindicalista.

Na semana que vem, os gaúchos retornam para Brasília, para o 24 de maio, quando acontece o #OcupeBrasília. Segundo Espinosa, somente da categoria comerciária deverão vir cerca de 160 sindicalistas. A CTB/RS deverá mobilizar em torno de 10 ônibus, o que representará aproximadamente 400 dirigentes sindicais gaúchos, que se somará aos milhares de trabalhadores e trabalhadoras de todo Brasil.

De Brasília, Sônia Corrêa – Portal CTB