22
Dom, Out

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Com a conclusão do 55º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), a entidade publicou uma resolução de conjuntura reafirmando o Fora Temer e Diretas Já. O documento foi aprovado na plenária final do encontro, neste sábado (17), em Belo Horizonte.

O documento indica que “a UNE, deve defender as Diretas Já também para que o povo eleja um presidente que possa convocar uma assembleia constituinte soberana, eleita sob novas regras, sem financiamento empresarial, única forma de anular as medidas dos golpistas (PEC do limite de gastos, reforma do ensino médio, entrega do Pré-Sal) e abrir caminho para as reformas populares, como a reforma agrária, a regulamentação da mídia, a reestatização do que foi privatizado, e as mais profundas demandas da juventude como a desmilitarização da polícia, a retomada da expansão das universidades públicas, o passe livre estudantil, entre outras”.

Leia também: Dirigente da CTB debate as reformas trabalhista e previdenciária no 55º Congresso da UNE

O texto intitulado “A unidade é a bandeira da esperança – venceremos nas ruas!” reafirma o empenho da UNE na construção das Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, como espaços de construção unitária de ação política do povo, e convoca os estudantes e movimentos sociais, também para a manifestação do dia 11 de agosto, dia do estudante.

A diversidade do pensamento político da juventude foi ouvida no plenário do ginásio do Mineirinho, lotado. Foram apresentados outros oito documentos de resolução de Conjuntura. O documento aprovado, na íntegra, será publicado no site da UNE nos próximos dias.

Do Vermelho

Em protesto contra nova lei trabalhista, movimento sindical prepara ato nacional     10 de novembro