22
Dom, Out

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os trabalhadores e trabalhadoras do setor de Transporte de São Paulo (Metroviários, Condutores, Transporte de Cargas, Ferroviários) aprovaram, em plenária nesta segunda-feira (19), no Sindicato dos Condutores de São Paulo, o calendário de luta das centrais para a construção da greve geral do dia 30 de junho.

Durante a plenária, as categorias colocaram a centralidade e apontaram que será empenhado esforço total nas bases para a construção de uma greve ainda maior no final de junho.

"A CTB segue firme na construção da greve geral em defesa dos direitos e convocou toda a sua base para a greve do dia 30 de junho", afirmou o presidente da CTB, Adilson Araújo, durante plenária.

O dirigente ainda destacou que a resistência será fundamental na atual etapa, especialmente sinalizando uma ampliação da agenda já construída até o dia 30 de junho, data da nova Greve Geral, para barrar as reformas de Michel Temer.

Esquenta Greve Geral em São Paulo

As categorias presentes se somarão aos atos de amanhã em São Paulo compondo do Junho de Lutas convocado pelas centrais sindicais.

Terça tem caminhada de mobilização para a greve geral em Salvador

Agenda:

6h - Panfletagem nas estações de Metrô Sé, Itaquera, Brás, Arthur Alvim e Jabaquara;

10h - Concentração na Praça Patriarca, com panfletagem e caminhada pelas ruas do centro;

17h - Ato Político das Centrais na Praça da Sé;

18h30 - Arraial "Contra as Formas", com shows e apresentações culturais.

Portal CTB

Foto Destaque: Roberto Parizotti - CUT Nacional

Em protesto contra nova lei trabalhista, movimento sindical prepara ato nacional     10 de novembro