Sidebar

11
Ter, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nesta quinta-feira (26) a sua Mensagem da 56ª Assembleia Geral da CNBB ao Povo Brasileiro, onde diz que "olhamos para a realidade brasileira com o coração de pastores, preocupados com a defesa integral da vida e da dignidade da pessoa humana, especialmente dos pobres e excluídos".

Vânia Marques Pinto, secretária de Políticas Sociais da CTB, afirma que "a igreja católica está com um posicionamento incisivo sobre a realidade brasileira e pode ajudar as forças populares e progressistas a reverter esse quadro desolador de crise e retrocessos".

Leia a íntegra da mensagem aqui.

De acordo com os bispos brasileiros, reunidos no Centro de Eventos do Santuário Nacional, em Aparecida (SP), de 11 a 20 de abril, a situação política brasileira exige cautela e respeito à diversidade, às leis e aos direitos humanos.

“Neste ano eleitoral, o Brasil vive um momento complexo, alimentado por uma aguda crise que abala fortemente suas estruturas democráticas e compromete a construção do bem comum, razão da verdadeira política. A atual situação do País exige discernimento e compromisso de todos os cidadãos e das instituições e organizações responsáveis pela justiça e pela construção do bem comum.”, acentua outro trecho da mensagem.

“A CTB compartilha com a preocupação da CNBB porque parte do Judiciário age a despeito da Constituição Federal e das leis”, assinala Vânia. Os bispos fizeram uma análise lúcida da conjuntura, inclusive sobre o mundo do trabalho.

Para ela, “A CNBB critica a retirada de direitos da classe trabalhadora e analisa o papel da mídia em esconder a realidade do povo”. 

Ela se refere a outro trecho da carta que afirma que “os discursos e atos de intolerância, de ódio e de violência, tanto nas redes sociais como em manifestações públicas, revelam uma polarização e uma radicalização que produzem posturas antidemocráticas, fechadas a toda possibilidade de diálogo e conciliação".

Para Vânia, “mais clareza do que isso é impossível”. Ela acredita que “a igreja católica está atuando de forma concreta em apoio ao retorno da democracia” e acentua que “as eleições deste ano podem representar um novo marco na história do país com a vitória dos progressistas para o Brasil voltar ao caminho do crescimento soberano”.

Marcos Aurélio Ruy - Portal CTB

 

0
0
0
s2sdefault