Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Na tarde da sexta-feira (10), a FINDECT participou de reunião no Tribunal Superior do Trabalho, para discutir proposta para a Campanha Salarial deste ano.

A Federação solicitou o encontro para buscar esclarecimentos sobre o despacho do TST, publicado na última terça-feira, horas antes das assembleias de trabalhadores e trabalhadoras, que votariam a deflagração da greve nacional da categoria.

O despacho incluía uma proposta, assinada pelo vice-presidente do TST, Ministro Renato de Lacerda Paiva, que previa a reposição da inflação do período (3,68% – INPC) e manutenção da redação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos Ecetistas.

Na reunião, participaram José Aparecido G. Gandara e Elias Cesário (Diviza), presidente e vice-presidente da FINDECT, acompanhados da assessoria jurídica do advogado da Federação, e demais representantes da FENTECT.

No Tribunal, o vice-presidente do TST ouviu as manifestações dos representantes dos trabalhadores, e publicou despacho prorrogando a validade da proposta apresentada para um dia após as assembleias de trabalhadores.

Nesta terça (14), às 19h, no CMTC Clube, em São Paulo, os trabalhadores e trabalhadoras ecetistas vão avaliar a proposta completa do TST. No entanto, é importante que todos conheçam os detalhes para votar o futuro do Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018.

Por isso, em breve a FINDECT irá divulgar maiores informações e esclarecimentos tirados na reunião de hoje. 

Sintect-SP

0
0
0
s2sdefault