Sidebar

22
Seg, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Na medida em que avançam as investigações sobre as atividades das milícias no Rio de Janeiro vão surgindo indícios de uma estranha e perigosa relação da família Bolsonaro com criminosos milicianos. 

Indicado como chefe de milícia e que já foi homenageado por Bolsonaro, Ronald Paulo Alves Pereira, preso na manhã desta terça (22) durante operação que reuniu quase 150 agentes das polícias civil e militar do Rio estão cumprindo mandados de prisão contra milicianos que atuam em bairros pobres da Zona Oeste da cidade. A Operação foi batizada de "Os Intocáveis". Até aí, a única relação com o presidente seria morarem todos na mesma cidade. 

Mãe e mulher do principal suspeito do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (Psol), o ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega, foragido da Justiça, eram (até o último novembro) funcionários do gabinete do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL),  o mesmo que está enrolado até o pescoço com as nebulosas transações financeiras de Fabrício Queiroz, seu ex-assessor.

A máscara de combatente da corrupção usada por Bolsonaro durante a campanha já caiu por terra, mas as notícias que surgem agora dizem respeito a algo bem mais sério e nefasto. São sinais de envolvimento com o crime organizado.

O foragido Nóbrega, tido pelo MP-RJ como chefe da milícia Escritório do Crime, já foi homenageado na Assembleia Legislativa por Bolsonaro, por sinal o único parlamentar a votar contra a concessão da Medalha Tiradentes a Marielle Franco e também a homenagear outros chefes da milícia. Não é sem razão que crescem as apostas de que o atual governo não vai durar muito.

Homicídios

As informações divulgadas pelo Ministério Público sustentam que alguns dos integrantes do grupo também respondem pelo homicídio de Júlio de Araújo, em 24 de setembro de 2015. Araújo foi executado a queima roupa com disparos de arma de fogo desferido em sua cabeça, no que o MP acredita ter sido um crime de queima de arquivo.

Na denúncia, o MPRJ requer a condenação dos denunciados, incursos, com variações conforme a atuação de cada um, em penas que vão desde acusações de promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa, com pena de reclusão de três a oito anos, e multa; até acusações de assassinatos.

#FlávioBolsonaroNaCadeia X  #GloboLixo

Enquanto a "resistência" (termo que tem sido usado para denominar os que se opõem ao governo Bolsonaro) alimenta a tag #FlavioBolsonaroNaCadeia, os aliados do presidente e parte da militância de extrema-direita que ainda sustenta o bolsonarismo preferem não acreditar nos fatos e acusam a Rede Globo (principal divulgadora da Operação policial) de estar perseguindo a família Bolsonaro, para isso estão subindo a tag #GloboLixo.

Por volta do meio-dia desta terça-feira, as duas tags duelavam pela melhor posição entre os 10 assuntos mais comentados do Twitter, com leve vantagem para a tag que sugere a prisão do filho do presidente.

Confira, abaixo, alguns dos tuítes mais compartilhados desta "disputa":

 

--------------------#FlavioBolsonaroNaCadeia-----------------------



 

Estou com saudades do tempo em que os filhos do presidente eram acusados de serem sócios da Oi e da Friboi, ainda que não fossem.

 
623 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

Flávio Bolsonaro foi o ÚNICO deputado a votar contra a concessão da Medalha Tiradentes à Marielle. Mas adivinha quem ele já tinha homenageado? Os milicianos do escritório do crime presos hoje suspeitos de terem assassinado ela. Nojo!

 
7.677 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

Se Lula pegou 12 anos de prisão por um triplex de cerca de 2mi, e sem prova q é de sua propriedade, imagina o o Flavinho que empregou milicianos, fez negócios escusos de + de 7 milhões e teve movimentações suspeitas? É pena pra dividir com a familia toda

 
2.364 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

A família Bolsonaro nunca se manifestou sobre o assassinato de Marielle e Anderson

Flávio votou contra a medalha Tirantes para a vereadora

Mas homenageou os suspeitos do assassinato

E tem familiares destes suspeitos trabalhando em seu gabinete

 
1.794 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

👇https://catracalivre.com.br/parceiros-catraca/dimenstein/globo-associa-flavio-bolsonaro-ao-assassinato-de-marielle-franco/ 

Globo associa Flávio Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco

Mais um tiro das Organizações Globo contra Flávio Bolsonaro. Dessa vez, associando o senador com a morte da vereador Marielle Franco. Trecho da reportagem

catracalivre.com.br
 
1.576 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

Bandido bom é bandido onde mesmo? Sem distinção, vamos tratar a todos como foi prometido na campanha, nada de estimação. Hahahaha

 
371 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

314 dias se passaram e essas perguntas continuam sem respostas: quem executou Marielle Franco e Anderson Gomes? Quem mandou executar?

Adriano Magalhães da Nóbrega Pedras Escritório do Crime

 
1.740 pessoas estão falando sobre isso
 
 
----------------------- #GloboLixo--------------------------

 

 

Tô adorando ver os minions chamando a . Antes vibravam com os 90 minutos de reportagem do "Petrolão". Batiam panela, camisa da CBF, Pato da Paulista. Isso que vocês estão vivendo se chama negação. Vocês negam a realidade que votaram em uma quadrilha da pior espécie.

 
52 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

O problema não é mostrar e investigar. O problema é a indignação seletiva. A tem tanta capacidade investigativa, mas até hoje não sabe quem ta pagando os advogados do Adélio Bispo, não fala do BNDES nem dos outros acessores que movimentaram valores ainda maiores.

 
108 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

Quando a extrema imprensa diz que os ataques feitos pela própria ao Flávio Bolsonaro vão atingir o presidente Jair Bolsonaro, isso não é uma análise, mas sim uma torcida!

 
378 pessoas estão falando sobre isso
 
 

A nova estratégia dos sujos e desesperados setores da imprensa é explodir de dentro para fora, tentando criar intriga entre os filhos do Presidente e os bons generais. São uns porcarias quem fazem parte disso!

 

Os que fazem isso, temem tanto os generais qto a família de vcs, pois vivem da ilegalidade e precisam de um país menos seguro e mais conivente com a criminalidade. Mas o brasileiro de bem está atento e eles não sofre influência desta mídia podre.

 
135 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 

? KKKKK...
Os bolsominios (e os robôs multiplicadores deles) indignados pq não suportam ver o que está acontecendo.

 
Veja outros Tweets de ˗ˏˋAdrianoMarianoˎˊ˗
 

 

Portal CTB - Com informações das agências

0
0
0
s2sdefault