Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Comando Nacional dos Bancários se reuniu nesta terça e quarta-feira (18 e19/9), em São Paulo, para avaliar a campanha nacional 2018 e seus desdobramentos. Os dirigentes de federações e principais sindicatos do país debateram também a conjuntura política, Cassi e campanha dos financiários.

Para os dirigentes, a campanha foi vitoriosa, pois garantiu conquistas importantes da categoria, como mesa única de negociação, validade da Convenção Coletiva de Trabalho para todos os bancários, manutenção dos direitos e aumento real de salários. “Essas são conquistas importantes que devem ser comemoradas pelos trabalhadores, pois significa muito neste momento de ataque aos diretos dos trabalhadores”, ressaltou o presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, que participou da reunião.

Ele lembra que outras demandas não foram atendidas pelos bancos, como a manutenção das homologações nos sindicatos, proibição de demissões em massa e garantia de empregos dos bancários com a não terceirização no setor. Na mesa, os banqueiros até prometeram só contratar bancários, mas não aceitou colocar o item na CCT.

Sobre a conjuntura política, o Comando avaliou que este é um momento muito importante para o país e que os dirigentes sindicais devem participar do processo eleitoral, falando com os trabalhadores sobre a necessidade de eleger candidatos comprometidos com a manutenção dos direitos e a democracia.

Além do presidente da Feebbase, Hermelino Neto, participaram do encontro também o diretor de Políticas Sindicais, Eduardo Navarro; a presidenta do Sindicato de Sergipe, Ivânia Pereira, e o secretário Geral da Feebbase, Emanoel Souza, representando o Sindicato da Bahia.

0
0
0
s2sdefault