Sidebar

11
Ter, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Comissão Especial sobre a Privatização da Eletrobras (PL 9463/18) realiza hoje (2) uma audiência pública para debater os impactos da desestatização sobre as tarifas de energia elétrica. Foram convidados o secretário-adjunto de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Wilson Grudtner; e o diretor do Instituto de Desenvolvimento Estratégico do Setor Energético (Ilumina), Roberto Pereira D'Araújo.

No último dia 26, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, afirmou que mudanças previstas no relatório da Medida Provisória 814, que trata da venda de distribuidoras da Eletrobras, podem levar ao encarecimento das contas de luz. O relatório da MP 814 foi apresentado na quarta (25) pelo deputado Júlio Lopes (PP-RJ) e deve ser votado em comissão especial no dia 8 de maio.

"Essa privatização, além de entregar os nossos rios, as nossas riquezas para as mãos dos estrangeiros, trará uma conta de luz mais alta para a população. Vai chegar um tempo em que os 15 milhões de brasileiros que tiveram acesso a energia elétrica no governo Lula não conseguirão mais pagar a conta de luz. Temos que barrar a privatização do setor elétrico brasileiro, da Eletrobras, da Petrobras e do nosso pré-sal", alertou Ikaro Chaves, dirigente da CTB e do Sindicatos dos Urbanitários do DF.

 

De Brasília, Ruth de Souza - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault