Sidebar

10
Seg, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
A coordenadora da Secretaria de Relações Internacionais da Contee, Maria Clotilde Lemos Petta, participou nesta semana, em Havana, Cuba, do Congresso Internacional da Educação Superior — Universidade 2018. O tema do encontro, organizado pelo Ministério da Educação Superior de Cuba e pelas universidades cubanas, foi “A Universidade e a Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável no centenário da Reforma de Córdoba”. Mais 3 mil delegados/as de cerca de 60 países marcaram presença.
 
Os objetivos do congresso, além de estabelecer um espaço de encontro, diálogo e reflexão acerca do papel das universidades no cumprimento da agenda 2030, foram também promover intercâmbios, redes e projetos que favoreçam as melhores soluções aos problemas que afetam os países latino-americanos a partir da vocação social das universidades.
 
A conferência inaugural, realizada na última segunda-feira (12) no Teatro Karl Marx, foi proferida pelo ministro da Educação Superior de Cuba, José Ramon Saborido Loidi, que fez uma exposição sobre o tema do congresso a partir da visão de Cuba. Segundo a diretora da Contee, o ministro ressaltou as diferenças dessa visão em relação aos organismos internacionais e enfatizou a importância de marcar o centenário da Reforma de Córdoba, que continua sendo referência para os que lutam por uma universidade com compromisso social.
 
Loidi também convocou a todos para a participação na Conferência Regional de Educação Superior (Cres), que se realizará em Córdoba, na Argentina, em junho de 2018. Após a conferência, conforme Maria Clotilde, houve uma apresentação cultural de música, canto e dança feita por estudantes de diversas universidades cubanas.
 
Já na terça-feira (13), aconteceu o VIII Fórum das Organizações Sindicais Universitárias, realizado no marco do congresso. O fórum foi organizado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Educação, Ciência e Esporte de Cuba (SNTEDC) e contou com a participação, além da Contee, das seguintes entidades: Confederação dos Educadores Americanos (CEA), Federação Sindical dos Docentes Universitários da Argentina (Fesiduas), Confederação Nacional dos Trabalhadores Universitários da Argentina (Contua), Confederação Nacional dos Docentes da Argentina (Conadu), Federação Sindical dos Trabalhadores Universitários (Fesitraucamp) e Federação dos Docentes da Educação Superior (Fepdes) — ambas da Nicarágua —, Sindicato Nacional dos dos Trabalhadores Universitários do Panamá (SNTUP) e Federação Nacional dos Professores de POrtugal (Fenprof).
 
A conferência de abertura do fórum, ministrada por Niurka Maraia Gonzales Orbera, secretária-geral do SNTEDC, tratou das organizações sindicais cubanas, o desenvolvimento sustentável e a Agenda 2030. Os temas dos debates foram: formação, carreira docente, avaliação docente e papel do sindicato; estrutura sindical universitária como via de formação sociopolítica dos jovens trabalhadores; iniciativas sindicais para participação e compromisso social dos trabalhadores; direção científica e seu papel na formação de dirigentes sindicais; papel das organizações sindicais frente à Conferência Regional da Educação (Cres 2018).
 
Fonte: Contee
0
0
0
s2sdefault