Sidebar

13
Qui, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Nesta quarta (28), representantes do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (SINT-IFESgo) foram a Brasília discutir a pauta de reinvindicações da categoria com órgãos do governo federal.

Fátima dos Reis, a coordenadora-geral do SINTI-IFES, sindicato filiado à Fasubra Sindical e à CTB, representou a categoria na reunião com o Ministério da Educação e o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), que estava agendada desde janeiro para tratar da quebra do termo de acordo de 2015, da Campanha Salarial e da extinção dos 60,9 mil cargos na administração pública, por meio de decreto.

Segundo a dirigente, a reunião abordou também o pacote de reestruturação de carreiras que cria novas faixas salariais (mais baixas) para os novos servidores que ingressarem na carreira, a condição de insalubridade e o polêmico decreto 9262, que atinge o conjunto de servidores das instituições federais, e, entre outras normas, exclui a realização de novos concursos públicos.

Assista ao relato da dirigente Fátima dos Reis sobre a reunião:

Assembleia da categoria: contas aprovadas

Nesta quinta (1º), os(as) trabalhadores(as) técnico administrativos em educação das Instituições Federais de Ensino de Goiás aprovaram, por ampla maioria, as contas do SINT-IFESgo referentes aos anos de 2015, 2016 e 2017. A aprovação foi feita em Assembleia Geral da categoria, realizada no Auditório do sindicato.

Na ocasião, todas as contas foram apresentadas pelo Coordenador de Finanças, Paulo Guerra, pela representante do Conselho Fiscal do SINT-IFESgo, Laura Santana, e pelo contador do sindicato, Sheldon Astor Miranda. Após a apresentação, a palavra foi aberta para questionamentos. O trabalhador técnico-administrativo do IF Goiano, Rodolfo Peres, levantou uma série de questões, todas devidamente esclarecidas pela mesa. Em seguida, as contas foram aprovadas com duas abstenções e nenhum voto contra.

Durante a assembleia também foram dados informes sobre a reunião entre a Fasubra e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e o Ministério da Educação (MEC). Além disso, foi apresentada também a programação dos movimentos sociais para o Dia Internacional da Mulher (8 de março).

Portal CTB com informações do Sint-Ifesgo

 

 

0
0
0
s2sdefault