Sidebar

10
Seg, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A seleção brasileira de futebol entra em campo nesta sexta-feira (6), às 15h (horário de Brasília), em mais uma partida decisiva da Copa do Mundo 2018, na Rússia.  Esta é q quinta vez que o Brasil enfrenta a Bélgica, a segunda em Copa do Mundo, com um espectro favorável.

Foram três amistosos. Em Bruxelas, capital da Bélgica, o Brasil perdeu por 5 x 1, no ano de 1963. Já em 1965 veio o troco no Rio de Janeiro, a seleção canarinho ganhou por 5 x 0. No terceiro amistoso das seleções, em 1988, o Brasil venceu por 2 x 0.

Mas como jogo é jogo, treino é treino, na conquista do pentacampeonato, em 2002, a seleção brasileira venceu os belgas nas oitavas de final por 2 x 0. Esta é a segunda vez que se enfrentam em Copa do Mundo, portanto.

Nesta Copa, a seleção da Bélgica conquistou quatro vitórias até o momento, marcando 12 gols e sofrendo quatro. Já o Brasil foi ao fundo das redes sete vezes, mas sofreu um gol apenas na estreia contra a Suíça, quando empatou.

Ao contrário dos belgas, que tiveram início fulminante com um futebol ofensivo, veloz e de bom toque de bola, os brasileiros vêm evoluindo aos poucos. Neste “mata-mata”, para passar para a sua 12ª semifinal, a seleção nacional precisa continuar essa evolução e os atletas terem maior aplicação e decisão com a coragem de uma equipe que quer vencer no campo. Em decisões, a técnica é fundamental, mas a garra é essencial.

Afinal, o Brasil é o único país que participou de todas as Copas e venceu cinco delas. 

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault